Arrepende-te Brasil

"O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra." Salmos 121:2

Arrepende-te Brasil

Contra os falsos mestres

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Fazendo o caminho de volta a Jerusalém (Celestial)



Por definição ao longo de 2000 anos a pura e sã doutrina de Jesus Cristo foi sendo contaminada no coração da igreja por diversas outras doutrinas, filosofias, religiões, pensamentos, misticismos e superstições. Seria querermos demais achar que não haveria um forte trabalho e ataque das trevas para tentar contaminar e macular a santa doutrina do Senhor, mas apesar disso, de tempos em tempos, o Espírito Santo tem despertado o coração de homens e mulheres de Deus para que possam se voltar novamente a Palavra e examinar humildemente no temor do Senhor as Escrituras procurando encontrar Cristo e o seu Verdadeiro Evangelho. Eu sei que uma pessoa pode ter uma bíblia e nem por isso ao ler ela terá um encontro com Deus. A bíblia tem sido sim um instrumento poderoso de Deus e manual da fé cristã, mas mesmo assim apenas o Espírito Santo tem poder de extrair, escrever e vivificar em nossos corações qual é a essência da verdadeira mensagem evangélica que Jesus Cristo nos deixou. Evangelho significa em si mesmo boas novas, e a boa nova é que Deus nos amou e nos deu Seu Filho Jesus, para que crendo Nele não tenhamos de perecer, mas recebamos a vida eterna. Agora que nós sabemos que Cristo crucificado (e a ressurreição) era a única mensagem com a qual Deus enviou os Apóstolos pelo mundo nos convém atentar melhor e resgatar em nosso íntimo qual seja a dimensão perfeita (a largura, a altura e a profundidade) da mensagem de Deus aos homens.


A questão se torna que mesmo que nós tenhamos contaminado e pervertido a mensagem de Deus no coração da igreja, ainda assim a mensagem verdadeira permanece de pé e incorrupta. Quero dizer, não importa o quanto tripudiemos e façamos mal do evangelho, ainda assim o que nós teremos será apenas uma versão adulterada do evangelho, que já não pode mais ser chamada de evangelho, mas mesmo assim o evangelho em si não terá mudado. Se nós queremos limpar os nossos corações através da obediência a Palavra então é bom voltarmos ao Senhor pedindo orientação e esclarecimentos. Na história da igreja sempre houveram movimentos de avivamento que levaram a bandeira de retorno as veredas antigas, retorno a doutrina primitiva, retorno ao evangelho original, onde muitas ou poucas pessoas começaram a cair em si e a perceberem que algo estava errado, que aquilo não era palavra de Deus e então começaram a buscar pela palavra. A restauração em vários momentos começou entretanto na vida da maioria das pessoas talvez nunca chegou ao fim. Muitos movimentos destes que principiaram como avivamento, historicamente, se tornaram seitas e se desviaram da verdade muitas vezes mais do que aqueles que eles se propunham a combater. Estes movimentos de avivamento talvez pararam na história muitas vezes e no momento em que julgavam já ter atingido o alvo era na verdade a hora em que eles deveriam descer um pouco mais a presença de Deus. Um importante movimento destes com certeza foi a reforma protestante, sem a qual nós até hoje muito provavelmente não teríamos acesso as escrituras por exemplo. Entretanto usando a reforma protestante como um exemplo uma vez que foi o movimento de retorno maior e mais conhecido na história podemos entender que até hoje a reforma protestante, a restauração que ela propôs, não foi concluída. A reforma com certeza trouxe a tona muitos conceitos importantes e resgatou muitos ensinos perdidos das escrituras entretanto também obscureceu outros, e de algum modo não percebeu que ela trouxe muito do catolicismo (ou da religião que Constantino inventou) no seu bojo e isso permanece e se ressalta mais a cada dia até hoje.



O retorno ao princípio portanto é um grito que o Espírito Santo dá no coração da igreja faz quase 2000 anos. O saia da apostasia e vá encontrar Jesus, o teu Esposo Celeste. Mas a igreja deveria se debruçar sobre os ensinos dos antigos reformadores não tendo em conta como se estes houvessem terminado a tarefa, mas sim como realmente foi, tivessem começado a tarefa, assim como diversos outros grupos, com menos expressão história, também começaram a tarefa de uma reforma e de um retorno ao evangelho original. É muito mais do que termos apenas a doutrina toda certinha e um coração atrofiado, de termos a doutrina toda certinha e estarmos mortos em formalismos e ritualidades sem sentido. É um retorno ao Espírito Original do Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Isso só é possível com uma poderosa caminhada com o Senhor, quero dizer, não vai acontecer de um dia para a noite, o caminho de volta é uma longa jornada, passo a passo, aprendendo e se desintoxicando da religião criada que foi chamada de cristianismo mas que pouco tem a ver com Cristo em alguns casos. Eu creio que vivemos o momento em que cada cristão deveria entender que é hora de fazer o retorno, é hora de voltar as veredas antigas, é hora de retornar ao Evangelho Original, ao coração da igreja primitiva, ao coração que eles receberam de Jesus naquele dia de pentecostes. Não é que eles tivessem se tornado pessoas perfeitas e sem pecados ou lutas pessoais, mas que o coração deles realmente estava inflamado pelo fogo que iria consumir todo o pecado deles próprios e que iria levar a luz verdadeira por toda a terra. Por isso a igreja primitiva se torna inquestionável neste quesito, eles estavam banhados no Espírito do Evangelho do Senhor Jesus Cristo, e foram capacitados por Deus para levar esta mensagem, e até eles mesmos, na bíblia, a medida que andavam, aprendiam mais e mais como levar (carregar) Cristo em seus corações como testemunho a Deus e aos homens.



Hoje nós temos muito que limpar na igreja atual, mas será que a igreja está disposta a isso? Muitas vezes enxergamos que multidões andam acomodadas e contentes com tudo que estão vendo acontecer. Na realidade coisas muito boas tem acontecido em meio a igreja do Senhor, mas também atrocidades. A disposição e a iniciativa de mudança nascem do coração de Deus, é Ele quem gera o arrependimento em nós, é um chamado ao qual devemos dizer sim, que queremos voltar, e então entender, esta caminhada de volta ao lar levará a sua vida toda. Quando falamos a respeito das coisas que tem que mudar temos que compreender, é do coração da igreja que estamos falando. Apenas um batismo santo de Deus em convicção de pecado e mudança de atitude, nos convencendo do desprezo e afronta que temos feito ao sacrifício de Jesus Cristo é que pode infundir o temor do Senhor em nossos corações novamente. Nada além de um derramar do Espírito Santo (e se eu fosse você oraria por isso, pois quem pede certamente recebe) pode mudar a situação atual da igreja. A mudança começa individualmente e não em grupo, arrependimento começa individualmente e não em grupo. É uma pessoa que começa a se arrepender e não espera que as outras o façam junto, mas simplesmente ela está lá fazendo o caminho de volta, voltando ao Senhor. Suas vestes podem estar rasgadas, ele pode estar nu, seus pés podem estar descalços, pode estar lhe faltando um banho, pode estar magro de tanta fome e envergonhado de tanto desprezo a Deus, mas ele está fazendo o caminho de volta. Há lugares muito sombrios nos quais a igreja se intrometeu hoje em dia. O evangelho da prosperidade, a doutrina dominante da prosperidade, que promete o céu na terra e garante bênçãos materiais e sucesso em todas as áreas da vida, realização de sonhos pessoais, e todas estas coisas aos que recebem a Jesus. Nós temos também superstições que cristianizamos como por exemplo:



- No passado você batia na madeira quando acontecia alguma coisa ruim, "isola", agora você diz "está amarrado", "eu repreendo em nome de Jesus", "eu não aceito".



- No passado você tinha um monte de amuletos sagrados, pé de coelho, ferradura, agora você tem a fronha da prosperidade, o martelo da justiça divina, e todos estes objetos "ungidos" que as igreja atualmente vendem.



- No passado você acreditava em carma e muitas outras coisas, agora você acredita em maldições hereditárias e tudo mais, que nada mais são do que o mesmo ensino das religiões orientais a respeito de carma.



- No passado você fazia meditações e mentalizava os seus desejos, agora você crê que deve verbalizar quais são os seus desejos "em nome de Jesus" e irá recebê-los (a isso chamam confissão positiva) que nada mais é do que metafísica, ensinos de hinduísmo, mentalização e tudo mais disfarçado de cristianismo.



Cito estas coisas apenas como pequenos exemplos, de quantos falsos deveres religiosos sobrecarregam os corações dos irmãos atualmente, quantas pequenas falsas doutrinas, pequenas crenças falsas que forma inseridas no meio da igreja e hoje são aceitas como a coisa mais normal, mas são apenas paganismo e doutrinas de outras religiões praticadas sob o selo "evangélico". Apenas o Espírito de Deus pode nos guiar de volta a essência do verdadeiro evangelho primitivo.


Deus abençoe

Arrepende-te Brasil

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Quando todos os recursos falham - O último devocional de David Wilkerson


Crer quando todos os recursos fracassam agrada sumamente a Deus e é plenamente aceito por Ele. Jesus disse a Tomé: "Porque me viste, creste. Bem-aventurados os que não viram, e creram" (Jo.20:29).

Bem-aventurados os que crêem quando não há evidência de uma resposta à sua oração. Bem-aventurados aqueles que confiam além da esperança quando todos os meios têm fracassado.

Alguém tem chegado a um lugar de desespero, ao final da esperança e ao término de todo recurso. Um ente querido enfrenta a morte e os médicos não dão esperança. A morte parece inevitável. A esperança se foi. Orou pelo milagre mas este não ocorreu.

É neste momento, quando as fortalezas de Satanás se dirigem a atacar sua mente com medo, ira e questionamentos esmagadores como: "Onde está Deus? Você orou até não restar mais lágrimas, jejuou, permaneceu nas promessas e confiou". Pensamentos blasfemos tomam a sua mente: "A oração falhou, a fé falhou. Não vou abandonar mais a Deus, porém jamais voltarei a confiar n'Ele. Não vale a pena!" Até perguntas sobre a existência de Deus  vêm à sua mente.

Tudo isto tem sido o mecanismo empregado por Satanás por séculos. Alguns dos homens e mulheres mais piedosos de todos os tempos viveram tais ataques demoníacos.

Para aqueles que passam pelo vale da sombra da morte, ouçam esta palavra: O pranto durará algumas escuras e terríveis noites, mas em meio a esta escuridão, de repente você ouvirá o sussurro do Pai: "Eu estou contigo. Neste momento não posso dizer-te o porquê, porém um dia tudo fará sentido. Verás que tudo era parte do meu plano. Não foi um acidente. Não foi uma falha de tua parte. Agarra-te forte. Deixe que te abrace nesta hora de dor." 

Amado, Deus nunca jamais deixou de agir com bondade e amor. Quando todos os recursos falham, Seu amor prevalece. Mantenha a tua fé. Permaneça firme em Sua Palavra. Não há outra esperança neste mundo.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Onde estão os Verdadeiros Cânticos de Adoração?


Nós devemos voltar cantar a respeito do Cordeiro que venceu, dando-lhe a honra, o louvor e a adoração. Precisamos lembrar que Jesus Cristo é Digno. A igreja primitiva cantava e vivia Cristo crucificado. Eles cantaram, cantaram, cantaram, viveram e morreram a obra da Cruz. A igreja hoje não tem mais paixão pela cruz de Cristo, para ela não significa muita coisa a morte e vitória do Cordeiro. Eles querem a sua bênção, suas promessas, seus sonhos, suas vitórias. Cantam isso, proclamam isso, declamam isso, abrem campanhas de oração por estas causas. A Vitória de Jesus foi deixada de lado! Em detrimento da eternidade abraçou-se a prática de cantar a respeito de tudo aquilo que é passageiro, e este é o triste retrato de uma igreja que já não sabe mais o que é viver no Santo dos Santos. Ah se nós cristãos tivéssemos realmente assentados em regiões celestiais com Cristo! Nossos cânticos seriam outros, nossas pregações seriam outras, nossos cultos seriam outros, nossas vidas seriam outras, tudo seria GLÓRIA AO CORDEIRO DE DEUS, e não mais "minha benção", "meu sonho", "minha vitória", "minha conquista", "minha promessa". Não há espaço para ELE em nossas vidas quando estamos tão ocupados das nossas próprias coisas que achamos que servimos um Deus que morreu na cruz para ficar nos prosperando. JESUS morreu por causa dos nossos pecados.

Devemos restaurar a adoração na igreja, os cânticos de adoração na verdade, deixar de lado os que são apenas o homem exaltando-se a si mesmo, os que são auto-ajuda, discurso motivacional. Devemos voltar para o que é bíblico, e centralizar Cristo e a sua paixão naquilo que cantamos. Ora, certo é que a boca falará do que o coração estiver cheio, e a igreja canta daquilo que está cheio o seu coração. Pelo que temos visto, em muitas muitas vezes, a igreja está cheia de si mesma e não do Espírito Santo. Basta olhar as letras e a vida e tratamento de pop-star que tem os cantores atuais. Humildade e simplicidade foram embora junto com a presença de Deus. E porque alguns já não são mais capazes de liberar a presença de Deus quando cantam tem que criar seu próprio fogo falso, tornaram-se animadores de auditório, ou como diria aquele famoso pregador "são agora palhaços entretendo bodes". Ora, os que não se encaixam nesta descrição, nem tem porque ficarem bravos comigo, mas os que se encaixam, peço que examinem as suas vidas, louvor não é lugar para você exibir seus talentos, louvor é para Deus, é o que Ele quer, e Ele quer ser o assunto das nossas vidas. Nós não podemos cantar uma coisa e viver outra, cantar o certo com o coração errado.

Os cânticos hoje em dia são técnicos, são profissionais, muitas vezes frios e insinceros, não há mais corações de fogo, apenas orações geladas, como dizia Keith Green em sua canção "obedecer é melhor do que sacrificar".

Temos canções hoje cheias de vingança, canções de afronta, esqueçamos isso, façamos como Apocalipse 4, tendo o foco Naquele que vive para todo o sempre:

"E os quatro animais tinham, cada um de per si, seis asas, e ao redor, e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo, é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre, Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas." Apocalipse 4:8-11

Temor, tremor, respeito, reverência, alegria com sobriedade, cantemos como os Serafins em Isaías 6, contemplando a Santidade do Senhor:

"Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e com duas cobriam os seus pés, e com duas voavam. E clamavam uns aos outros, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória." Isaías 6:2,3

Os nossos cânticos (vidas) precisam urgentemente recuperar a realeza, a majestade, a verdadeira nobreza e espiritualidade, a sinceridade, simplicidade. Sem comércio, apenas adore a Ele por amor, cantemos ao Senhor um novo cântico, um hino de Louvor ao Nosso Deus, que as nossas línguas sejam como a pena de um hábil escritor para o louvor de Nosso Deus!

É importantíssimo revermos os cânticos, a boca canta o que o coração estiver cheio!

Enchei-vos do Espírito Santo!

Shalom

Anderson

Crendice, Superstição ou Sinal da Volta de Jesus?


CRENDICE, SUPERSTIÇÃO OU SINAL DA VOLTA DE JESUS?

Um chamado para a igreja do Senhor com respeito ao retorno a sobriedade.

su·pers·ti·ção 
substantivo feminino
1. Sentimento de veneração religiosa fundada no temor ou ignorância e que conduz geralmente ao cumprimento de falsos deveres, a quimeras, ou a uma confiança em coisas ineficazes.
2. Opinião religiosa fundada em preconceitos ou crendices.
3. Presságio que se tira de acidentes e circunstâncias meramente fortuitas.

cren·di·ce 
substantivo feminino
Crença absurda ou ridícula.

Estes dias a internet cristã esteve em alvoroço por causa de "sons de trombeta" no céu de Jerusalém. Um vídeo circulou e viralizou entre os cristãos. Todo o problema é que este vídeo era apenas mais um entre milhares de vídeos falsos distribuídos na internet com a chancela de "sinal da volta de Jesus Cristo". Ninguém precisa acreditar em mim, mas há pessoas na face da terra que produzem tal tipo de vídeo apenas para rir dos cristãos depois, da falta de discernimento e nível de crendice infundada. Há pessoas que fingem ter recebido revelações e soltam na internet apenas para rir da cara dos cristãos. Estas pessoas nunca virão a público dizer que foram autores de tais tipos de vídeos, mas eu conheço gente assim, acreditem se quiserem.

Um vídeo circula na internet, luzes piscando no céu de Recife, logo é colocada a legenda "sinal da volta de Jesus", nos comentários a guerra "isso é coisa do illuminati", "isso é o projeto blue beam, os escolhidos jamais serão enganados", mas na verdade, era apenas um transformador de energia elétrica que havia estourado e estava dando clarões de luz no céu de Recife. Você percebe o nível de surto neurótico psicótico que estamos vivendo em nossos dias com relação a sinais da volta de Jesus Cristo? Toda e qualquer coisa hoje em dia é tida como sinal, ou como coisa dos "iluminattis", e muitas destas coisas não passam de eventos completamente naturais.

A gente se passa como louco diante do mundo deste jeito, e não é por causa da nossa justiça, mas por causa da nossa precipitação, superstição e crendices infundamentadas nas palavras de Jesus.

Um reflexo de luz na lente duma câmera, e já é o suficiente para fazermos alarde "olha, Jesus está voltando, veja a prova". O pessoal lá fora anda zombando demais com estas coisas, vocês não tem as vezes noção, mas as vezes eles percebem mais fácil do que a gente aquilo que é óbvio e esta errado. Nisso a gente perde a credibilidade para falar a respeito da volta de Jesus, as pessoas nem querer mais ouvir as verdadeiras profecias de tantas coisas falsas que já ouviram na "igreja". Nós precisamos nos arrepender disso.

A igreja se esqueceu de uma coisa, que Jesus é mais importante do que os sinais da sua vinda. Alguns de olharem tanto para "sinais" perderam de vez o foco de Cristo e acabaram contraindo angústias e aflições inúteis para as suas almas. Saíram do lugar do descanso do Senhor, saíram da palavra, saíram da terra santa, e agora são comedores de teorias da conspiração e rumores criados por gente desocupada que tem o dia inteiro para ficar na internet fazendo vídeos a respeito de coisas que não trazem proveito algum para os que delas participam. Vivem apenas a tentar adivinhar, especular, a respeito de assuntos diversos como os assuntos abaixo por exemplo:

- A terra é plana;
- A terra é oca;
- Hillary Clinton é um Alien;
- Nibiru, PlanetaX, Segundo Sol;
- A marca da besta começa vigorar em Outubro agora;
- A grande tribulação será este ano;
- Tentando adivinhar (especular) a data da tribulação, da volta de Jesus, da manifestação do anticristo, da aparição do falso profeta;
- Tentando adivinhar (especular) quem é o anticristo e o falso profeta;
- Tsunami está vindo, terremoto está vindo, fome está vindo, guardem comida, estoquem água, tirem seu dinheiro dos bancos;
- Projeto blue bean, Projeto haarp, MK ultra;
- NASA confirma asteroide;
- Significado oculto da tv, da política, da música, das festas pagãs;
- Mensagens subliminares, símbolos ocultistas, símbolos maçônicos, os illuminatti;
- O fim já começou;
- Círculo de fogo no céu de Israel;
- Sons estranhos pelo mundo;
- A Rússia (Venezuela, EUA, etc) vai invadir o Brasil; 
- FEMA, NASA, Nações Unidas;
- Putin (Obama, etc) vai revelar o Nibiru para o mundo;
- A NASA confirma grande catástrofe no Brasil, no mundo, nos EUA, etc;
- Luzes no céu indicam a volta de Jesus;
- Chemtrails;
- Cavalos do apocalipse são flagrados no céu;
- Especulações políticas, especulações financeiras, boataria, pirâmides, CERN, Aliens;
- Os nomes que valem são só os originais em hebraico; 
- Reptilianos
- Etc [...] Ufa!

Enquanto a igreja se distrai com assuntos como os ditos acima o evangelho da cruz e do sangue do Senhor Jesus continua esquecido, e o seu glorioso sacrifício, que tem poder de nos salvar, é relegado a segundo plano e até mesmo colocado para fora das nossas reuniões. Você entre em alguns canais no YouTube e não se fala de Jesus ali, só se fala destas outras coisas  que são totalmente alheias ao evangelho do Senhor Jesus Cristo. Eu volto a repetir, tem gente que produz este tipo de informações, e boatos com estes assuntos são lançados propositalmente apenas para diversão de alguns que dão risadas da igreja. E quem espalha estas mentiras? Nós mesmos, estamos fazendo propaganda para o diabo de graça!

Alguns hoje em dia já se tornaram phD. em maçonaria e agenda oculta dos globalistas, mas a vida eterna é para o outro lado, é conhecer a JESUS CRISTO.

Larguem mão destes assuntos e vão viver Jesus, vão se encher do Espírito Santo, vão conhecer Jesus, se quebrantar diante de Deus, vão anunciar Jesus, que nós ganharemos muito mais. Estes que estão dizendo "olha, o tempo acabou, Jesus está voltando, veja aqui o CERN, a NASA, a maçonaria, a agenda oculta dos illuminatti", estes estão desviando os olhos do povo de Deus de Cristo. Eles dizem que Jesus está voltando, mas ao invés de anunciar as grandezas espirituais do Reinado de Cristo eles estão anunciando apenas as profundezas de Satanás. Eles dizem "Jesus está voltando, mas olhe aqui para o outro lado, para o CERN, para os Aliens, etc". A mensagem correta é apontar a Cristo, o Rei que está voltando! Cristo está voltando, volte para Ele, o evangelho, arrependimento, o sacrifício do Senhor, o sangue, a cruz, o juízo e a justiça de Deus contra o pecado. Mas tudo isso tem sido deixado de lado, o Espírito Santo tem sido deixado de lado para tratarmos de assuntos os quais estão fora da nossa alçada, capacidade e chamamento.

São assuntos ocultos, montagens, más interpretações e diversos boatos as vezes com alguns pequenos fundos de verdade nos quais a igreja tem tropeçado muito, e se apartado da simplicidade que há em Cristo. São pessoas que já nem postam mais a palavra de Deus em seus canais, pregações de ensinos, nem meditam mais, o louvor a Deus é sufocado em meio a tanto lixo carnal, tanta especulação, tantas profecias incertas, que as pessoas já duvidam até mesmo da Rocha Inabalável e Eterna que é Jesus Cristo.

Eu sei que se eu não postasse esta mensagem eu poderia fazer muitos amigos aqui na terra, mas lembre que fieis são as feridas do que ama, mas enganosos os beijos do que engana, eu preferi guardar minhas amizades para o céu e não para a terra, pois eu sei que muita gente vai discordar do que eu escrevi aqui, e que é algo que tenho pregado há quase 10 anos, não é nada novo, nada que apareceu agora, quem conhece minhas mensagens antigas sabe muito bem disso, tenho me esforçado por anunciar a CRISTO crucificado e ressuscitado.

A igreja não tem sido sóbria a respeito do assunto "os sinais da volta de Jesus".

"Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus." 1 Coríntios 1:22-24

Que o Senhor tenha misericórdia de nós! Vamos retornar ao Evangelho Antigo, da Cruz antiga, suja de sangue! Onde a mensagem que a igreja carregava e vivia era apenas a mensagem da cruz! Vamos voltar a focar santidade, justiça, arrependimento, amor, serviço ao próximo, compaixão, perdão de pecados, comunhão com Deus, novo nascimento, mudança de coração, renovação de mente, preenchimento com o Verdadeiro Espírito Santo! Saíamos de toda a distração, venham, voltemos ao Senhor, paremos de perder o nosso tempo e de trocar aquilo que é certo pelo que é duvidoso!

Voltemos a palavra viva do Senhor Nosso Deus!

Anderson

Arrepende-te Brasil

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Cristãos da Coreia do Norte não oram por liberdade, mas pelos ocidentais que têm fé no dinheiro


"Na Coreia do Norte não temos nem dinheiro, nem a liberdade, mas nós temos Cristo e Ele é suficiente", disse um dos cristãos.

Os cristãos perseguidos na Coreia do Norte não estão orando por sua liberdade, mas sim por seus irmãos ocidentais que estão sendo tentados pelo dinheiro e pelas riquezas materiais. A surpreendente revelação foi feita pela organização missionária "Voz dos Mártires".

De acordo com o Rev. Eric Foley,  líder da organização na região sul do país, os cristãos na Coreia do Norte não oram por uma mudança de regime. "Eles não oram pela liberdade e por dinheiro. Eles oram por mais de Cristo e para que Ele seja espelhado em sua vida", disse ele.

A organização 'International Christian Concern' ressalta que a vida para os cristãos na Coreia do Norte, onde a prática da religião é contra a lei, é pior do que muitos imaginam. Ainda assim, eles têm como prioridade interceder pelos ocidentais.

"Vocês oram por nós? Nós oramos por vocês. Vocês têm muito, vocês colocam sua fé no seu dinheiro e em sua liberdade. Na Coreia do Norte não temos nem dinheiro, nem a liberdade, mas nós temos Cristo e Ele é suficiente", disse um dos cristãos.

Sob o governo de Kim Jong-un, líder supremo da Coreia do Norte, famílias cristãs inteiras têm sido punidas por suas crenças. Além disso, os cristãos vêm desmascarando a Ideologia Juche, também designada como marxismo-leninismo-kimilsunismo, que tem dirigido os destinos desse país.

"A razão pela qual a Coreia do Norte é tão ameaçada pelos cristãos, é que o cristianismo consegue desmascarar Juche como uma fraude. O cristianismo é considerado uma ideologia subversiva, porque oferece uma maneira diferente de pensar sobre os valores e a finalidade da vida humana", explicou Foley.

O pastor observou que os cristãos ocidentais não devem necessariamente orar pela liberdade dos norte-coreanos, mas para que eles sejam fortalecidos em Cristo enquanto enfrentam a perseguição. "Eles veem que o dinheiro e a liberdade não podem trazer felicidade", afirma.

"Há um só corpo em Cristo, não há uma 'Igreja perseguida na Coreia do Norte' e uma 'Igreja livre na Austrália', há um corpo", acrescentou Foley. "Mas somos ordenados [pela Bíblia] a lembrar daqueles que estão na prisão, como se estivéssemos na prisão também".

De acordo com a organização britânica Christian Solidarity Worldwide (CSW), em setembro, um grupo de cristãos foi esmagado por rolos compressores, enquanto outros foram pendurados em uma cruz em chamas. Esta é apenas uma pequena amostra das muitas brutalidades que os seguidores de Cristo enfrentam.

Suzanne Scholte, presidente da Coligação da Liberdade na Coréia do Norte e vice-presidente da Comissão dos Estados Unidos para os Direitos Humanos no país, disse ao site The Christian Post que o relatório da CSW é uma "representação precisa de como os cristãos são especialmente perseguidos".

Via Guiame

O avivamento na igreja perseguida na China


Um avivamento que trouxe milhares de igrejas subterrâneas e nos lares e milhões de conversões a Deus na China, tudo isso ocorreu mesmo debaixo da grande perseguição que o governo Chinês exercia e ainda exerce sobre os cristãos. O começo de tudo foi a oração e clamor dos jovens cristãos chineses e de diversos irmãos que se reuniam e oravam muito, mas não para pedir a liberdade religiosa em seu país, mas sim para pedir o DERRAMAR DO ESPÍRITO SANTO sobre a China.


[...]

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Testemunho de Richard Wurmbrand - Torturado por Amor a Cristo


Tremendo testemunho para a igreja de hoje em dia, nós podemos ir aos mártires, ir a cruz, e pegar o FOGO para acender a nossa comunhão com DEUS novamente e sair do comodismo e da mornidão espiritual que nos trouxe um evangelho sem cruz. Estes testemunhos a igreja atual precisa ver, alimento espiritual de verdade para quem deseja profundidade com o SENHOR na sua caminhada.

Arrepende-te Brasil

ABRAÇANDO A MORTE COM CRISTO




COM JESUS NA PRISÃO SOLITÁRIA NA RUSSIA COMUNISTA




A REALIDADE DA PRESENÇA DE DEUS



domingo, 30 de outubro de 2016

Qual a cobertura espiritual deste ministério?


Uma pergunta que não quer calar é exatamente esta: O que mais pode cobrir a nudez espiritual que o pecado expôs no coração do homem senão o Sangue de Jesus Cristo? Não há nada mais, nada além do Sangue de Jesus Cristo, que possa ser a nossa fidedigna cobertura espiritual. O que pode limpar o meu pecado? Resposta: Nada além do Sangue de Jesus! O que pode me restaurar novamente? Resposta: Nada além do Sangue de Jesus! O que pode cobrir minhas culpas (perdoar)? Resposta: Nada além do Sangue de Jesus Cristo derramado na cruz do calvário!

Placas de igreja não podem, irmãos de oração não podem, pastores não podem, missionários não podem. Não há nada além do Sangue de Jesus Cristo que possa ser considerado como nossa real e verdadeira (única) COBERTURA ESPIRITUAL.

"Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado," 1 Pedro 1:18,19

Você vê que o SACRIFÍCIO DO CORDEIRO é o que cobre a vida do homem que abre o seu coração para crer. Mesmo desde o Éden, quando entrou o pecado no mundo e então Adão e Eva conheceram que estavam nus, já dali eles tentaram cobrir a sua própria nudez. Dali eles fizeram para si mesmos roupas com folhas de figueira, que apenas mascararam e maquiaram a sua nudez, mas não resolveram o problema do pecado nas suas vidas. Pecado não se explica, pecado se paga, e Cristo pagou para nós. O interessante de você notar é que o próprio Deus cobriu a nudez de Adão e sua esposa, e isso foi feito através do SACRIFÍCIO de um animal, pois eles receberam vestes de pele de animal. Com isso o Senhor estava a prefigurar e profetizar a respeito do Sacrifício do Senhor Jesus Cristo na cruz.

Este sim, cobriria a nudez do nosso coração eficazmente!

"Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano." Salmos 32:1,2

Só há um lugar seguro, onde encontramos descanso, e habitamos em paz, na sombra do Altíssimo. O que ali habita, descansará. O que Nele se refugia, seguro estará.

"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Mateus 11:28

"Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará." Salmos 91:1

Podemos habitar em meio ao engano de nosso próprio coração, ou então a sombra de Deus.

Onde você está habitando? Talvez seja a hora de mudar para debaixo das Asas de Deus!

A minha cobertura espiritual chama-se JESUS CRISTO, é Ele quem me cobre, Ele me cobriu na cruz, seus braços abertos e estendidos me alcançaram!

Shalom

Anderson

Arrepende-te Brasil
http://www.altardearrependimento.org/

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Roubará o homem a Deus?


No passado quando as pessoas traziam ofertas aos pés dos apóstolos eles comiam delas sim, mas repartiam com os mais pobres, hoje quando alguém traz presentes caros aos pastores eles pegam para eles e dizem "veja só, Deus está me honrando porque eu sou um ótimo pastor!". Fazendo deste modo, ao invés de repartir, eles acumulam, e assim chegamos no evangelho moderno dos aviões privados, dos hotéis de luxo, Intercontinental, Hilton, dos relógios caros, Rolex, dos grandes carros e casas, dos ternos caríssimos de grife, os sapatos de cromo alemão, e eles começaram a ter necessidade por estas coisas. Eles acham que ter estas coisas é o sinal de aprovação de Deus, e que Deus os está prosperando, mas não sabem que apenas morderam a isca e com o seu comércio enriqueceram mas não pela mão de Deus. Será sempre assim, você começará a andar humildemente com Deus, e se você for homem virá mulher, se for mulher virá um homem, seja lá quem for, virá dinheiro, propostas de poder, e você deverá ser sábio para aprender a entender que nada do que recebe é teu se você é um servo de Deus. É tudo para o Reino, e o Reino é dos mais pobres, aqueles que alguns tem roubado. São eles que tem direito de comer das ofertas, mas os pastores preferem ficar se engordando em caros banquetes enquanto ao pobre oferecem as migalhinhas que caem da mesa. Se vestem de linho fino enquanto ao pobre deixam com farrapos. E quando fazem algo é apenas utilizando o pobre para se promoverem como se fossem grandes fazedores de caridade como faziam os fariseus no passado. 

A ajuda que eles dão é um marketing fictício perto das possibilidades que eles tinham de realmente ajudar. Os fariseus eram assim, eles tiravam fotos com os pobres, quando davam suas migalhas, apenas para dizerem "olha como sou bonzinho e piedoso, e como ajudo a este pobre coitado aqui". Eles tiravam foto dando alface para o pobre enquanto eles mesmos estavam a comer um boi gordo todos os dias. Será que ninguém percebe que estão roubando a Deus? Estão roubando as ofertas da casa de Deus, o dinheiro está sendo desviado e ele não chega na mesa do pobre, nem do órfão, nem da viúva, nem do estrangeiro, nem do necessitado, e isso porque eles precisam manter a sua vida de luxo aqui nesta terra.

A maior figura que vejo na bíblia a este respeito é exatamente os filhos de Eli. Quando alguém oferecia carne no sacrifício eles estavam ali com o garfo sempre tomando a melhor parte para eles e achando que tinham todo o direito por serem sacerdotes. Na verdade eles estavam pervertendo o direito do pobre, do órfão, da viúva e do estrangeiro. Eles não atendiam ao necessitado, mas tomavam a melhor parte para si. Esta passagem está em 1 Samuel 2:12 em diante. Quando o povo ia até o templo levar suas ofertas e sacrificar ao Senhor nas celebrações então era que os filhos do sacerdote Eli retiravam dos ofertantes aquilo que não lhes pertencia, retiravam as melhores dádivas que eram reservadas ao Senhor, a melhor porção eles a tomavam para si próprios. Quando isso ocorria, se algum dos fiéis se opusessem, eles vinham e com grave ameaça ordenavam aos seus servos que o tomassem a força. Grande era este pecado diante do Senhor.

Veja como a igreja primitiva fazia:

"Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos. E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha." Atos 4:34,35

"Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência." Gálatas 2:10

Os apóstolos não tinham a preocupação em levar bolsas para recolher ofertas nas suas missões, e por certo o Senhor lhes ensinou a não se preocuparem com isso mas com o Reino de Deus e a Sua Justiça. Eles saíram pelo mundo, nada tomando a força dos gentios, nada exigindo das pessoas a não ser a conversão a Cristo, o arrependimento e a fé na Palavra de Deus. Nada lhes faltou e eles não precisaram cobrar ou ameaçar as pessoas para que Deus fosse capaz de suprir as necessidades do ministério verdadeiramente apostólico. Não havia pregação de dinheiro. Não havia. E quando algo era arrecadado, era de coração, e era repartido. A igreja fazia ofertas sim, mas a motivação não era prosperar, nem mesmo repreender o devorador por medo de perder tudo, mas era por amor ao seu irmão que seria ajudado com aquele dinheiro. Hoje as pessoas não tem motivação para dar algo mais em muitas igrejas, pois sabem que o dinheiro ali será mal gasto. É como os impostos que pagamos, quando sabemos que há corrupção e desvio de dinheiro, superfaturamento de obras, tudo com o dinheiro do povo, você até pagará o imposto por obrigação, mas não terá prazer em fazer aquilo pois sabe que está dando nas mãos de ladrões. Não sei se é uma boa analogia para falar deste assunto, mas também, não é de alegrar o coração se você contribui para o luxo de uns e a pobreza de outros na igreja do Senhor. Não é de alegria se você contribui para o privilégio de uns em detrimento dos outros. Há corrupção na igreja hoje em dia. Hoje a viúva, o pobre, o órfão, eles chegam na igreja e lhes são exigidos dinheiro, quando na verdade, eram eles quem deveriam se alimentar do que a igreja arrecada.

O garfo dos filhos de Eli precisa sair das mãos de muitos em nosso meio. Eu sei que há exceções, e muitas mesmo. E louvo a Deus por cada uma das exceções que temos hoje em dia, e sei muito bem que as exceções não se ofendem com o que escrevi, pelo contrário, apoiam, uma vez que, ninguém se ofende com a verdade a não ser quem está contra a verdade.

Shalom

Anderson

Arrepende-te Brasil

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Chamados para abraçar a morte com Cristo: Perseguição & Unidade da Igreja


Nenhuma das perseguições violentas contra os cristãos que já ocorreram na face da terra parece ter surtido efeito na tentativa desesperada das hostes da maldade de frear o Evangelho do Senhor Jesus Cristo. Se tomarmos a história da igreja veremos que os momentos de maior espiritualidade sempre foram os momentos de maior prisão e maior provação para a igreja. Se você ler o livro 'O Espelho dos Mártires' verá na sua abençoada introdução a consideração de que o diabo sempre logrou maior êxito quando deu a igreja momentos de conforto, paz e tranquilidade aqui nesta terra do que quando a perseguiu ferozmente através do martírio. Há um chamado inerente ao cristianismo que está muito ligado a morte, a morte para o eu, a morte para o mundo, e até mesmo a nossa salvação veio através da morte (e ressurreição) do Cordeiro de Deus, Jesus Cristo!

Nós sabemos dos cristãos primitivos reunidos nas catacumbas de Roma por causa da perseguição, entretanto vemos hoje até mesmo o Coliseu Romano, palco de martírios de diversos cristãos, ele hoje possui no seu interior uma grande cruz, com a inscrição: “Este anfiteatro, antes consagrado a triunfos, diversão, e o culto de deuses pagãos, agora é dedicada aos sofrimentos dos mártires purificados das superstições ímpias”. Quer dizer, o cristianismo não acabou por causa das ferocíssimas perseguições do poderoso Império Romano contra os pobres cristãos daqueles tempos. Amados irmãos que não possuíam poder político para aprovar leis que os protegessem da perseguição, e não possuíam poder financeiro para barganhar ou serem ouvidos pelos magistrados, e cuja única opção foi simplesmente morrer com Cristo injustiçados pelo mundo mas justificados para com Deus.

Eles não estavam fugindo da morte, eles estavam abraçando a morte com Jesus e é por isso que a vida do Senhor fluía sobre a igreja primitiva.

Se você for ver na China, ou Rússia, mesmo quando a China possuía cerca de apenas 1 milhão de cristãos, tendo uma população de 1 bilhão de pessoas, a forte perseguição desencadeada pelo governo fez com que jovens cristãos começassem a orar pela China. Eles não oraram para Deus reverter as leis de perseguição religiosa, mas oraram, e oraram, e oraram muito para que Deus enviasse um avivamento ali naquela nação. Eles clamaram pelo derramar do Espírito Santo sobre a China e anos depois estimativas dão conta de que pelo menos 100 milhões de chineses compõe a igreja caseira na China, um dos maiores avivamentos da face da terra, e há quem diga que os números são ainda maiores.

Foi justamente a perseguição e todas as dificuldades que ajudaram os cristãos chineses a se posicionarem em oração diante do Altíssimo. Quando a igreja tem muita facilidade, a sua tendência é se tornar passiva, acomodada e relaxada. Por isso as perseguições são um tremendo ingrediente para a fé cristã, ajudam a prová-la e aperfeiçoá-la, ajudam a conhecer a Deus mais de perto. Você vê que todas as vezes que houve perseguição feroz contra o cristianismo na face da terra, a maior parte das vezes isso foi apenas jogar gasolina num pequeno fogo e transformá-lo num grande incêndio do Espírito Santo nos corações os cristãos. Há algo que o cristão normalmente só consegue se for debaixo de prensa, ali onde o ego pode ser crucificado e esmagado, onde o coração está aberto e dependente de Deus, pois só há uma opção, depender de Deus, só há uma opção, o milagre.

Na Rússia quando eles começaram a perseguir cristãos no passado eles simplesmente começaram a prender a interrogar líderes cristãos de diversas confissões. Católicos estavam presos junto com Luteranos, Pentecostais estariam presos com Batistas e Presbiterianos. Eles, os perseguidores, não iriam perguntar se você é calvinista ou arminiano, ou se você é a favor ou contra bater palmas no culto, eles não tem nenhum interesse em teologia, eles simplesmente iriam te torturar até você negar Cristo ou morrer com Cristo. Neste tempo já não importaria mais a sua corrente teológica, mas sim: Será que você está disposto morrer por amor a Jesus Cristo? Só vai importar o quanto você O ama, e a ajuda Dele para te manter Fiel, quero dizer, você vai precisar rapidamente da ajuda do Espírito Santo e todas as discussões e debates teológicos que você passou na sua vida pode ser que num instante se mostrem vãos e ridículos passatempos de uma pessoa fútil brincando a vida inteira de ser cristão dentro da igreja, pois agora você está confrontando o teste prático a respeito da realidade da sua fé em Cristo e do favor Dele sobre a sua vida para não negá-lo.

Na hora da perseguição nada mais importará, eles irão nos jogar no fogo, e o que valerá é se a chama de dentro arderá mais forte do que a chama de fora. A realidade da perseguição religiosa no mundo é um fato inegável, e é impressionante como a igreja consegue unidade quando ela é duramente perseguida. Nos dias de perseguição todos precisam focar naquilo que realmente importa, Cristo Jesus crucificado. Em dias de perseguição você não pode mais pregar as coisas do mundo, todos querem saber da eternidade, e em dias de perseguição é muito mais fácil da igreja retornar, voltar e redescobrir A CRUZ E O SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO. Mesmo os católicos estarão lá com os protestantes, e eles terão que morrer pelo Senhor Jesus que os amou. Nestas horas as discussões e os debates morrem e a igreja volta para o seu projeto original, martírio. Nós como igreja precisamos compreender que fomos chamados para a morte, o batismo representa a morte do nosso velho homem, e Cristo morreu na cruz para nos salvar, e se quisermos andar com Ele, tomemos a nossa cruz e o sigamos! Morramos fora do arraial com Cristo!

Em dias de perseguição a igreja é forçada a se apegar aquilo que realmente importa, JESUS O CRISTO, e desta forma o Senhor mostra como por todas as nossas picuinhas e discussõezinhas em tempos de paz temos estados cegos para Cristo e surdos para ouvir uns aos outros. Ah! Mas os dias de perseguição nos ajudam a despertar o espírito de solidariedade, de real companheirismo, e amor fraternal, quando descobrimos que uma das mais nobres formas de comunhão entre os cristãos é a comunhão em meio as dores, as angústias e aos sofrimentos por amor a Cristo. Neste dias você não precisa mais de nada, você vai ver apenas o céu aberto e Cristo a direita do Deus Todo-Poderoso. Nós que agora não conseguimos perdoar o nosso irmão, vamos ser capazes de amar nosso inimigo em dias de perseguição.

Possa o Senhor abençoar a todos, e sejamos sábios nestes dias de paz que nos tem sido dados!

Shalom

Anderson

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Um alerta e esclarecimento a repeito da unção e do cair no espírito: Em qual espírito?


Nós temos um grande perigo hoje em dia na igreja, e é uma multidão de "obreiros" que na verdade apenas buscam um pouco de reconhecimento e fama. São pessoas cujo caráter não é tratado, e muitas vezes nem mesmo começaram alguma forma de conversão a Cristo em seus corações. Elas entram na igreja e logo estarão plenamente ativas no ministério exatamente por causa de algum talento ou habilidade que possuem. Algumas será porque sabem cantar, outras porque tem dinheiro, outras porque falam bem ou são simpáticas. Tais pessoas sempre dizem que estão fazendo tudo pelas almas, mas na verdade há os que apenas querem palmas e estão no ministério por inveja ou por uma necessidade de aparecer ou de receber atenção. São muitos destes que chegam ao ponto de inventar visões, alegando que Deus falou com eles, apenas para poderem receber algum tipo de reconhecimento. Você não pode discernir este tipo de gente a menos que receba ajuda do Espírito Santo e esteja firmemente manejando a palavra de Deus. Normalmente esta intenção do coração é bastante oculta, pois tais obreiros fraudulentos se transvestem de anjos de luz, e normalmente são muito engajados nas obras e rotinas da igreja, por exemplo, são os primeiros da fila para fazer evangelismos, são os primeiros a querer ir doar algo aos pobres, são os que mais incentivam as pessoas a ir aos cultos, e assim acabam se passando como pessoas super-espirituais por causa de toda a sua atividade religiosa, e eles amam ser reconhecidos deste modo, elas querem parecer ter algum 'poder' miraculoso especial que chame a atenção para si.

O objetivo do nosso texto na verdade ao denunciar tais falsos obreiros é falar a respeito de algo que se popularizou nas igrejas atualmente, especialmente as que dizem acreditar em dons e manifestações do Espírito Santo, e tais eventos tem sido tidos como manifestações da presença de Deus, manifestações da glória de Deus, manifestações da presença do Espírito Santo, manifestações da Unção do Espírito Santo. Nós estamos falando a respeito do tal "cair no espírito", como ficou conhecido tal movimento, e como alguns na sede de serem reconhecidos acabaram vendendo as suas almas ao diabo e a espíritos enganadores.

É unção ou não é o "cair no espírito"?

Eu vou escrever isso com bastante cuidado, e espero que haja o mesmo cuidado na leitura do que foi escrito. Eu sei que não sou muito bom escritor, mas também sei que consigo pelo menos escrever ao ponto que seja possível compreender a mensagem.

Eu posso escrever a este respeito pois passei por uma igreja onde tal tipo de manifestação acontecia. Como de costume numa igreja em apostasia como a do Brasil, ninguém vinha a público explicar o que significavam aquelas manifestações ao povo, e quem vinha dava apenas a sua opinião "eu acho que", mas ninguém vinha com a palavra embasar ou refutar tais eventos. Quem tivesse com questionamento permaneceria com questionamentos, e quem achasse que era de Deus continuava achando e afirmando que era sim de fato a glória de Deus. A verdade é que quando a apostasia entra numa igreja a igreja começa a chamar de glória de Deus muitas coisas que não tem nada a ver com a glória de Deus. Como em todas as igrejas o modo como os espíritos enganadores conseguiram calar o povo de Deus e impedi-los e executar juízo e discernimento segundo a palavra foi justamente usando de ameaças, e uma das mais comuns é justamente colocando medo nas pessoas (através da coação e ameaça) de que elas supostamente iriam pecar contra o Espírito Santo. Este expediente tem sido muito usado por Satanás hoje em dia, e literalmente bloqueou milhões de cristãos.

O diabo diz "cuidado para não pecar contra o Espírito Santo" mas na verdade quer dizer "você está perto demais de descobrir alguma verdade é melhor eu te ameaçar para você parar de buscar".

O medo assim tem parado milhões de pessoas no mundo todo.

Eu vi muitas coisas a respeito deste tal cair no espírito, desde bizarrices como pastoras aplicando golpes de judô nas irmãs na tentativa de finalmente "derrubá-las na unção", pessoas forçando a testa das outras para causar desequilibro e elas caírem, e muitos outros absurdos. Passei também pela tentação de "impor" as mãos sobre as pessoas, ou soprar e ver elas caindo e se achar o "super-poderoso-tão-cheio-da-unção-que-ninguém-resiste". Há um certo orgulho, altivez, soberba nos "derrubadores", eles se sentem meio fortes, poderosos, quando acontece isso nas nossas igrejas. Tal manobra também se torna altamente lucrativa porque ela causa muita impressão nas pessoas, e facilmente acharão que você é um homem de Deus e que realmente tem unção se verem pessoas desmaiando na sua frente. Mas a Verdadeira Unção do Espírito Santo tem sido mal compreendida em nossos dias e irei ainda chegar no ponto de manifestações físicas nas pessoas que foram tocadas realmente por Deus. De uma maneira geral nós sabemos que mesmo em meio a maior apostasia podem haver pessoas sendo tocadas legitimamente por Deus. Não é por causa da igreja que elas frequentam, e nem por causa do pastor, mas é por causa de Jesus Cristo que não se prende a barreiras e doutrinas denominacionais ou não-denominacionais.

Eu não irei falar aqui sobre as estratégias todas e manipulações que são feitas no intuito de induzir as pessoas a caírem ao chão, ou para simplesmente causar-lhes emoção, mas ao final do texto também quero falar sobre as legítimas manifestações. Veja bem, na época que comecei a ver as pessoas caindo ao chão deste modo comecei a receber discernimento de que aquilo que acontecia na igreja que eu frequentava não era unção do Espírito Santo coisa nenhuma, era apenas um espírito enganador atirando as pessoas ao chão. Isso era prova de que as pessoas não estavam cheias do Espírito Santo. E o Senhor deu sonhos para pessoas confirmando o que eu falei, sonharam antes de eu falar, e viram que se tratava realmente de um espírito sedutor enganando as pessoas e dizendo ser Jesus Cristo. Este espírito causava sensações nas pessoas, e falava muito bem a respeito da bíblia, na realidade ele usava e citava a bíblia como se fora um tremendo conhecedor dela ao ponto de deixar os irmãos impressionados todos na visão. A despeito dos alertas e ameaças de que eu estaria blasfemando do Espírito Santo continuei no entendimento que estava recebendo de Deus, e a mesma questão que vi naqueles dias eu proponho para vocês agora:

Se realmente aquilo é manifestação de uma presença e glória de Deus tão fortes que as pessoas desmaiam e caem, como pode ser que tais igrejas sejam campeãs de engano, de pregar dinheiro e de dar falsas profecias? Na realidade assim como na igreja que eu frequentava, tão pouco o cair ao chão debaixo daquela 'poderosa unção' parecia causar qualquer tipo de mudança ou impacto no cristianismo daquelas pessoas. Elas continuavam tão carnais quanto antes, e não eram libertas das prisões deste mundo apesar de estarem alegando estarem sendo tocadas fortemente por Deus. Este cenário é o cenário da maioria do cai-cai que vemos hoje em dia, do chamado re-té-té, e coisas do tipo, onde as pessoas tomadas de euforia carnal acabam se entregando a espíritos enganadores na sede por serem reconhecidas como alguém que está sendo tocado por Deus ou visitado por Deus. Muitos caem por que não querem ficar para trás, e parecerem que são os únicos que não estão caindo e por isso tem algum problema espiritual. A mesma coisa nós vemos acontecer na igreja atual com o dom de línguas, o qual também tem sido apresentado um falso dom em várias e várias situações. Muitas pessoas inclusive imitam estar falando em línguas apenas para parecer aos outros que estão sendo tocadas pelo Espírito. As pessoas começam a falar em línguas para validar as suas falsas profecias, eles falam alguma língua e então começam a profetizar mentira e engano, e assim você pode saber que não são línguas dadas pelo Espírito de Deus. Outra questão a se fazer é exatamente esta, por que será que justamente em igrejas onde os pastores são mais vaidosos, e se gloriam de ser muito homens de Deus, e onde acontecem o maior número de falsas profecias da história da humanidade, porque será que justamente nestas igrejas no Brasil é onde mais vemos o cai-cai? Na verdade se todas estas pessoas estivessem realmente caindo por terem sido tocadas por Deus não haveria tanta apostasia como vemos na igreja brasileira, e por isso, pelo fruto da igreja de uma forma geral, e pela mensagem pregada por estes homens, podemos concluir sem sombra de dúvidas que não é unção sendo ministrada em quase 100% dos casos.

Existe por acaso um cair no Espírito Santo que seja verdadeiro?

Eu vou colocar abaixo o trecho de um texto escrito por Jonathan Edwards onde ele tratou muito bem a respeito do assunto. É trecho de um livro na verdade, eu nunca li o livro inteiro, mas no trecho em questão ele foi muito inspirado e feliz nas palavras que deixou analisando a respeito de como discernir a verdadeira obra do Espírito Santo:

"Uma obra não deve ser julgada pelos efeitos causados no corpo das pessoas, tais como lágrimas, tremores, gemidos, altos clamores, contorções ou fraqueza física. A influência sob a qual as pessoas estão não pode ser julgada de forma positiva ou negativa por meio destas manifestações, simplesmente porque não temos, em lugar algum das Escrituras, qualquer regra que diga isso. Não podemos concluir que as pessoas estão sob a influência do Espírito verdadeiro porque vemos tais efeitos em seus corpos, pois isso não é dado como sinal do Espírito verdadeiro. Por outro lado, também não temos qualquer razão para concluir, a partir de aparências externas, que elas não estejam sob a influência do Espírito de Deus; de fato, não há nenhuma regra bíblica de discernimento de espírito que, de forma direta ou indireta, exclua tais efeitos sobre o corpo, e nem qualquer razão pode excluí-los."

Vejamos que:

A fraqueza física
Desmaios
Arrebatamentos de sentido
Contorções
Gritos
Choro
Riso

Não há nenhum regra na escritura que nos diga que se uma pessoa desmaiar estará endemoniada, e se outra rir, é por que está sendo tocada pelo Espírito Santo. O Toque do Espírito em uma pessoa pode causar sim uma alteração no seu estado emocional. Não é exatamente que o Espírito esteja fazendo aquilo com a pessoa, mas ela está reagindo deste modo. Na bíblia temos homens por exemplo que ao serem visitados pelo Senhor não suportaram permanecer de pé, já outros desmaiaram de medo e susto diante de anjos. Também há casos de endemoniados que se atiravam ao chão quando libertos, e já Judas endemoninhado não esboçou reação nenhuma, ele simplesmente foi trair e vender Jesus. Então concluímos que pela simples reação física e exterior das pessoas não podemos afirmar que seja causado por um toque de Deus, ou por um espírito enganador, ou por simples emoção da pessoa. Eu já vi pessoas caindo e tendo as suas vidas transformadas com Deus, e enquanto caídas receberam visões do Senhor, foram curadas de enfermidades, e seus corações passaram a não querer o pecado e a amar Jesus. Mas também como citado acima, já vi muito engano, a maioria, maioria, maioria é engano, é apenas como um circo onde as pessoas são induzidas a cair para fazer parecer que o tal pregador é muita coisa, ou que aquela igreja é super-poderosa. Por isso que antes de julgar qualquer manifestação devemos apenas ter este cuidado, ver em que contexto que ela ocorre, ao que ela está levando as pessoas. Sabemos que hipnólogos conseguem 'derrubar' as pessoas em seus consultórios, e que o ambiente de um culto religioso favorece as pessoas a estarem mais abertas e suscetíveis a indução e sugestão. O pregador pode dizer "quando eu contar até três você vai cair", e a pessoa cai mesmo, mas não porque era Deus, foi apenas a sugestão que lhe foi dada.

Por isso, pela palavra, não posso descartar um toque de Deus na vida de alguém que leve a pessoa a reagir de modo a desmaiar, seja porque naquele toque ela esta sendo liberta de um demônio, seja porque está sendo cheia com o Espírito, seja qualquer coisa. Não posso descartar também que um toque de Deus leve uma pessoa a cair, a assustar-se, a rir, chorar. Mas não são apenas as manifestações exteriores que dá para tomar em conta e dizer se é Deus ou demônio. Uma pessoa pode ser tocada por Deus e permanecer quietinha no seu canto consigo e com o Senhor sem esboçar grande reação em seu corpo.

Concluo porém, sem esgotar completamente o assunto mas dando alguns apontamentos, dizendo que a maioria do que nós vemos hoje em dia nas igrejas tanto Brasil como mundo, não são manifestações do Espírito Santo, são espíritos enganadores, são sugestões hipnóticas, é obra de engano e erro, é manifestação de Satanás, é histeria e descontrole emocional, mas que não foram causados por toque de Deus coisa nenhuma, são apenas enganos para tentar validar e passar uma imagem de super-unção e super-espiritualidade sobre os falsos profetas. É mais uma vez o inimigo de Deus tentando imitar algum tipo de suposto toque do Espírito Santo, e tentando tirar os olhos do povo de Deus da palavra de Deus, colocando os olhos da população no visível e não no invisível.

Portanto, cuidado irmãos, pois a maioria por ai é engano!

Shalom

Anderson

Arrepende-te Brasil

domingo, 16 de outubro de 2016

Arrependimento, Arrependei-vos, Arrepende-te, Arrepende-te Brasil!


Nós não podemos compreender a bíblia a menos que estejamos vivendo ela, é impossível compreender a palavra se estamos do lado de fora dela. O Senhor abriu as escrituras para a igreja lá no calvário, e mesmo assim a igreja até hoje parece ter estado do lado de fora da palavra. A bíblia não é um livro que você pode compreender sem viver, na realidade muitas coisas na profecia bíblica só podem ser compreendidas a medida que são experimentadas. É um livro prático e não teórico. É por isso que precisamos receber o Espírito Santo de Deus, Ele é o único que pode nos colocar, nos levar, nos transportar para dentro da palavra. Apenas o Senhor pode abrir as escrituras para nós e então nos colocar do lado de dentro da palavra para que possamos compreender, pois só se compreende do lado de dentro e não do lado de fora, e o Senhor está chamando todos e a igreja para o lado de dentro da sua Palavra Viva.

A bíblia nos diz que em parte nós conhecemos e em parte nós profetizamos, e é por isso que muitas profecias bíblicas só poderão ser compreendidas perfeitamente quando realmente elas vierem a se cumprir e a acontecer. Do mesmo modo que quando o que é perfeito se manifesta acaba aniquilando aquilo que é em parte, quando a experiência prática da palavra se manifesta em nossas vidas ela acaba aniquilando o conhecimento teórico, pois o conhecimento teórico é somente em parte e precisa ser aniquilado através do conhecimento prático, da experiência viva com a palavra de Deus. Pedro disse "provai e vede que o Senhor é bom", ele não estava falando somente de conhecer em parte, mas de experimentar como Paulo também escreveu "a letra mata, mas o Espírito vivifica". Todos estes homens escreveram a partir do que eles mesmos experimentaram, e a sua experiência prática com o Verbo da Vida foi fundamental para viverem e compreenderem melhor as escrituras, eles não estavam inventando uma história, eles mesmos viram e puderam contemplar a Glória de Deus.

O arrependimento bíblico é a mesma coisa, você pode ser capaz de definir maravilhosamente arrependimento, mas até que você o experimente, não passarão de palavras. Até experimentarmos o amargo arrependimento jamais chegaremos aos doces frutos de paz que vem nos que são exercitados pelas correções do Senhor. Há muitos sermões hoje em dia que são "bíblicos" mas não são espirituais, são apenas pessoas pregando as teorias que aprenderam nos seminários, não há sopro celestial, nem vida sendo liberada, e mesmo os pregadores, eles não tem muita certeza a respeito do que dizem em muitos casos.

Quando falamos sobre arrependimento, pois este é um assunto importante para nós, por causa da volta do Senhor, e por causa da condição da igreja no Brasil, precisamos entender que a igreja só vai compreender o que o Senhor está falando quando ela começar a se arrepender. Você e eu só poderemos compreender o que o Senhor está falando quando começarmos a nos arrepender. Veja o que diz o seguinte versículo:

"Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes." Jeremias 33:3

Qual é a palavra do Senhor para a igreja do Brasil hoje?

Se a igreja começar a clamar, mas clamar em arrependimento, então o Senhor derramará o Seu Espírito de um modo grande, e firme, poderoso sobre os arrependidos, de um modo, em uma porção, em uma medida a qual será completamente nova e desconhecida para os que aderirem ao arrependimento do Espírito Santo. Mais arrependimento, mais derramar, mais purificação, mais entendimento, mais vida com Deus. Mas a igreja tem resistido ao arrependimento ainda hoje, e ela nem percebe que por falta de vida prática com Deus, ela tem relativizado muitos conceitos da palavra, e aquilo que ela não conhece a vontade de Deus ela se contenta apenas em dizer "isso é questão de opinião pessoal de cada um". Mas se a igreja começar a se arrepender, tanto nos termos de Jeremias 33:3, como nos termos de 2 Crônicas 7:14, lhe será aberta uma porta de acesso e entrada a palavra de Deus, e agora vivendo o arrependimento o seu conhecimento parcial a respeito do assunto, começará a ser aniquilado.

O Senhor está chamando a igreja do Brasil para um nível maior de unção, e para fora do pecado. A igreja do Brasil está em pecado, e para os mais humildes e santificados, será muito mais fácil de se arrepender nestes dias, bem como para os piores e mais sujos. Mas aqueles que estão no meio termo, para estes arrependimento será algo muito estranho, e a maioria infelizmente está no meio termo. O Senhor não está pedindo para a igreja discutir quem é a melhor denominação, chegou a hora de acabar com estas discussões de Metodista, Batista, Presbiteriano, Assembléia, estes assuntos de religião agora não importam mais, pois Jesus está voltando. O Senhor não mandou a igreja discutir doutrina, teologia, para ver quem tem a maior doutrina ou a maior teologia entre as igrejas. O Senhor não mandou a igreja ver quem é o melhor cantor, ou o maior pregador, nem mesmo mandou as igrejas se compararem umas com as outras para verem qual é a melhor, qual é a que tem mais obras, mais almas, mais alcance, a mais bonita. O Senhor mandou a igreja do Brasil se arrepender e clamar contra o pecado, é só assim que esta nação poderá ver o reino de Deus.

Se a igreja se arrepender então o Espírito Santo será derramado e então a igreja poderá compreender realmente os assuntos que tanto debate hoje em dia, pois ai sim ela poderá ser ensinada por Deus. Mas para isso precisa haver um arrependimento, um parar das brigas e discussões, e a igreja do Brasil, não importa seja ela de qual "facção" religiosa, qual denominação, sem denominação, igrejas no lares, não importa, o Senhor está chamando todos para o arrependimento, a igreja está em pecado, e ela precisa se arrepender e depois clamar contra o pecado, que é viver uma vida santa. As nossas vidas precisam se tornar um clamor por pureza e santificação nesta nação, não apenas as palavras da nossa língua. Não importa mais hoje em dia se uma pessoa é neo-pentecostal ou congrega no seu lar, se você não tem uma igreja, ou seja lá o que for, o Senhor simplesmente tomou esta igreja do Brasil, campeã em pecado e corrupção, e a prometeu que se ela se arrepender, Ele vai trazer para cá o maior derramar do Espírito Santo destes dias. Coisas novas em Deus, novidade de vida, mais da mesma unção, pois a igreja precisa de uma atualização, um "upgrade" da sua unção nestes dias, quer dizer, ela precisa de um nível maior de autoridade e poder espiritual se quiser realmente estar de pé diante do Cordeiro nestes dias.

Se você entende que isso é uma palavra do Senhor, e que a igreja deve parar com as discussões e ir se arrepender, entrar no Santo dos Santos, pois ai sim o Espírito será derramado e ela poderá compreender as coisas pelas quais tem discutido perpetuamente, e que não importa mais este negócio de dentro ou fora da igreja, batista ou presbiteriano, pentecostal ou tradicional, o que importa agora é que a igreja do Brasil está em pecado, ela precisa se arrepender primeiro, e se você entende o que estou falando, que há um derramar do Espírito Santo, uma porção que é "atualizada", especial para os nossos dias, um nível maior de autoridade e capacidade, e que só será liberado sobre quem se arrepender, então por favor, não espere ninguém, simplesmente vá ao Senhor e se arrependa e peça por este derramar sobre a sua vida. O cristão buscar um maior nível de unção é bíblico, eu não estou falando de uma 'nova unção' no sentido de um novo espírito, mas sim, mais da velha unção. No dias de Moisés, o sacerdócio Levítico, recebeu uma determinada unção que os capacitou a andar com o Senhor naqueles dias, a igreja primitiva, em pentecostes, recebeu uma unção, que os capacitou para aqueles dias, nós estamos vivendo nos últimos dias desde então, e existe a promessa da última chuva, o último derramar do Espírito Santo nos últimos dias, e é a respeito disso que estou falando, que este derramar já está acontecendo, e que a igreja do Brasil precisa entrar nele, e para isso ela precisa de arrependimento e não de discussões para ver qual é a melhor igreja, pois todo o Brasil precisa se arrepender, todos, até os melhores entre nós, de um modo ou de outro, ainda estão abaixo da unção que precisam se quiserem realmente fazer a vontade de Deus nestes dias.

Este é pois um chamado para a igreja buscar o Espírito Santo, e entender, que o que Deus quer fazer nestes dias, não tem nada a ver com o que a igreja já está experimentando até agora.

O tempo de Deus mudou no Brasil e nas nações, e os que não se atualizarem agora, ficarão para trás.

A porta está aberta para todo mundo, servos, grandes e pequenos, ricos e pobres, ilustres e desconhecidos. A última unção do Espírito Santo prometida na bíblia está sendo derramada, é hora de simplesmente tirar as sandálias dos pés, e buscar.

Se você crer, você clamará por isso, se não crer, continuará passivo, mas quem tem ouvidos vai ouvir. Pois se você não lutar com o Senhor por este derramar Ele não poderá vir sobre você. Então lute!

As igrejas precisam primeiro parar de clamar contra os pecados umas das outras, parar de estarem confortáveis achando que basta clamar contra a teologia da prosperidade que tudo está bem, e ir se arrepender, e então começarem a clamar ao Senhor por purificação, só Ele pode purificar a igreja a esta hora. Após isso, então o Senhor capacitará a igreja a clamar contra o pecado, tanto o seu quanto o da nação, para que se convertam ambos ao Senhor, se arrependam, e sejam curados, para que a nação possa ver o reino eterno de Deus. De outro modo, o país perderá o reino dos céus e Cristo eternamente.

O Senhor trouxe um denominador comum para a igreja nestes dias, arrependimento. Não importa se você é um "pastor" ou "apóstolo", o Senhor trouxe um denominador comum, arrependimento, e Ele está falando, arrependimento dum modo como a igreja do Brasil ainda não conhece até hoje. Não é um dia de oração pelo Brasil, nem a realização de 'atos proféticos', não é um dia de jejum ou pano de saco, o que o Senhor está falando, não é um um evento entre igrejas, interdenominacional, Ele está falando PRIMEIRO de tudo a respeito do genuíno arrependimento, o povo pedindo a Deus fogo do céu para purificação de seus próprios pecados, não dos dos outros, mas Ele está falando individualmente a cada cristão, clame pela purificação, peça fogo dos céus, sobre os seus próprios pecados primeiro, depois você vai ajudar as pessoas com os pecados delas se o Espírito te comissionar. E isso por que Jesus está voltando, é pela eternidade da igreja e do Brasil que agora estão em risco. Não estamos falando de políticas ou finanças aqui, estamos falando do Espírito Santo, é uma mensagem espiritual, a respeito da eternidade com Deus nos céus.

Vamos para o Vinho Novo e o Azeite Fresco prometido para a igreja do Brasil, precisamos, e o arrependimento e a confiança no Senhor nos levarão até lá!

Fora da imoralidade sexual, fora do evangelho da prosperidade, fora dos falsos apóstolos e falsas profecias, fora do mundanismo, fora do modernismo, pós-modernismo, fora do conhecimento apenas teórico da palavra, fora da religião das 4 paredes, mas para dentro da Palavra Viva! Se entrarmos no VERDADEIRO ARREPENDIMENTO, então o Senhor trará seus VERDADEIROS DONS, SEUS VERDADEIROS FRUTOS, SEUS VERDADEIROS MINISTÉRIOS, SEU VERDADEIRO EVANGELHO, com Unção Dobrada, e atualizada para os nossos dias.

Agora você já sabe que não dá mais para andar com o nível de unção que a igreja possui, pois além de possuir pouco, boa parte já até perdeu o pouco que possuía. Há um nível maior ainda encoberto de ti igreja do Brasil, que pelo menos os pequenos do rebanho, escutem a minha voz.

O denominador comum para acesso a este Presente é Arrependimento em Cristo Jesus por parte da igreja e individualmente.

Todos terão que se dobrar e devemos trazer de volta a cruz para a igreja nesta nação e em nossos corações, e não somente dizer "mas eu também prego arrependimento", mas de fato, arrepender-se.

Isso é a respeito da eternidade que estamos falando.

Shalom

Anderson

Arrepende-te Brasil