Candidatos a presidência, representantes de Deus ou dos homens?


Candidatos a presidência, representantes de Deus ou dos homens?

Erineldo, que se descreve como presidente do PT no Ceará (Acará?), evangélico da Assembléia de Deus, deu uma bíblia para Haddad em nome "dos evangélicos do Acará" e declarou, palavras dele, Erineldo: "Lendo a bíblia tenho certeza que vossa excelência é realmente o candidato que represente Jesus".

Jair Bolsonaro ou Haddad, o falso dilema em que muitos cristãos estão caindo hoje. Qual é o homem mais próximo de Deus? Qual é o homem mais parecido com Jesus? Quem vai governar de acordo com os preceitos da palavra? Quanto "blá,blá,blá"! Ninguém é obrigado a concordar comigo mas meu pensamento é que, 1) nenhum candidato representa Cristo, 2) nenhum evangélico fala em nome de todos evangélicos. Tem evangélico que vota em um, e evangélico que vota em outro. Cada um cada um.

Nós esquecemos o que a bíblia diz, que "todos os homens pecaram e foram destituídos da glória de Deus".

Nas eleições, não estamos escolhendo um representante de Cristo para governar a nação. Isso é algo que os cristãos hoje parecem não conseguir compreender. No fundo no fundo, no nosso DNA católico medieval, temos genes que clamam por uma "teocracia cristã". Podemos copiar as coisas boas, mas jamais cometer os mesmos erros que o catolicismo medieval cometeu. Se escolhemos um homem, porque o julgamos um representante de Cristo, estamos escolhendo apenas "democraticamente" um falso cristo. Muitos de nós estamos escolhendo um candidato apenas por cegueira espiritual, o sentimento que motiva uns a escolher o Haddad e o outro Bolsonaro, é o mesmo sentimento, no fundo no fundo, é o mesmo sentimento. O candidato é diferente, mas o sentimento é o mesmo.

O presidente é apenas um representante nosso, dos homens, e não um representante de Deus. Certamente ser um presidente, líder, governante, é uma missão de Deus de acordo com a Palavra. Quem o fizer com honestidade terá sua recompensa, quem não o fizer, será também pelo Senhor castigado, pois "cada um receberá o bem ou o mal que tiver feito".

Se você quer um presidente cem por cento alinhado com a bíblia, não poderá escolher nenhum dos dois. Se este é o seu critério para escolher um presidente, não escolha nenhum dos dois. Você não pode olhar para um pecado e deixar de olhar para o outro, não pode olhar para cisco no olho do teu irmão e esquecer da trave de madeira no teu próprio olho.

Tente se apartar do terrorismo do período eleitoral e enxergar as coisas como alguém que está como quem esteja olhando do lado de fora da situação toda. Tire a sua camisa do Haddad, tire a sua camisa do Bolsonaro, e olhe as coisas de modo imparcial, sem o olhar da propaganda terrorista de ambos candidatos. No jogo político o que vale é demonizar o seu adversário, para que os outros tenham esperança em você, e as notícias falsas estão comendo soltas entre os eleitores dos dois lados. Sejamos sinceros, isso tem conseguido em vários momentos nos afetar.

Não estou dizendo que você não pode escolher um candidato, pode, você é livre para fazer a escolha que bem entender, que melhor lhe parecer, mas tente não cristianizar do modo errado a sua escolha, e não tentar justificar sua escolha dando aparência de obediência a escritura àquilo que é apenas a sua posição pessoal. As pessoas muitas vezes votam em quem o pastor delas vota, mas você deve ser livre, fazer um livre exame e tomar a sua própria decisão. Nenhum de nós tem como prever o futuro, nem como saber como será um governo ou o outro, podemos fazer deduções, analisar, ver a história, mas o futuro, não temos como saber com precisão o que sucederá amanhã, está além do intelecto humano --- e por isso, em qualquer caso precisamos orar sempre.

Como eu já disse aqui, pessoas consideradas "intelectuais", ou seja, pessoas que em tese conhecem bastante do assunto política divergem e bastante a respeito do assunto. Há muitas posições diferentes, e não podemos comprar o discurso de que "os intelectuais são os donos da verdade", pois eles não são. Pelo contrário, intelectuais sempre discordaram e divergiram em todas as épocas, e alguns deles (na verdade bastante deles ...rs... ) foram dos que falaram as maiores bobagens da história da humanidade. Tão sábios, se tornaram loucos!

Vamos lembrar quando Paulo confrontou com o Evangelho os filósofos estóicos e epicureus. No Brasil atual também como cristãos precisaremos confrontar alguns tipos de filósofos nos nossos dias. Não são mais epicureus ou estóicos, são marxistas, gramcistas, frankfurtianos, e muitos outros. O pensamento destes abrange a sociedade como um todo, as escolas, universidades, intelectualidade. E dentro da igreja temos outros problemas, teologia da prosperidade, é um dos maiores, mas não o único, longe de ser o único.

Paulo tinha razão!

Cada dia é mais trabalhoso ser cristão neste mundo!

Glória seja dada a Deus!
Share on Google Plus

Sobre o site ArrependeteBrasil

Arrepende-te Brasil: Nosso intuito é pregar o Evangelho de Jesus Cristo gratuitamente, sem pedir ofertas, sem falar em dinheiro, levando o conhecimento de Cristo a todos de graça e pela graça que nos foi dada pela Cruz e pelo Sangue do Nosso Senhor Jesus. Nosso foco é preparar o caminho, levar um povo a consciência e atitude de preparação individual para a volta do Senhor Jesus em Arrependimento e Santidade pelo Poder do Espírito Santo de Deus, para a Glória de Jesus e do Pai em Seu Filho Amado a quem nós também amamos, recebemos e ouvimos como Único Deus Senhor e Salvador.