Arrepende-te Brasil

"O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra." Salmos 121:2

Arrepende-te Brasil

Contra os falsos mestres

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Invertendo a glória de Deus? Tomando a glória para si!


Eu conheço um pastor, ele é do Brasil, e a sua igreja começou a ser visitada com uma tremenda unção de cura alguns anos atrás. Os cegos enxergavam, os paralíticos andavam, surdos voltavam a ouvir, cancerosos eram purificados. Muitos e muitos milagres documentados, pessoas com seus exames médicos de antes e depois. Quando este pastor começou a olhar para as outras igrejas e ministérios ele não via tantos milagres assim e então ele começou a declarar que a sua igreja era a que pregava o evangelho da igreja primitiva e todas as outras tinham problemas, por isso não haviam milagres lá. Conheci também uma outra denominação, a qual o Senhor derramou dom de profecia e muitas pessoas recebiam profecias verdadeiras da parte do Senhor, era tremendo a forma como Deus falava ali manifestando este dom. Esta igreja começou a olhar para outras igrejas, olhar para algumas igrejas que liam a bíblia mas não profetizavam como eles, e começou a se gabar de que na sua igreja tinha profecia e nas demais não tinha.

Isso é o que aconteceu na verdade com muitas e muitas igrejas que conhecemos hoje em dia, elas até começaram bem, mas ao terminar estão fracassando pois estão piores do que no seu começo. Quando o Senhor te dá um dom de modo algum isso serve para te dar algum destaque ou dizer que você é melhor do que alguém. As igrejas onde tem curas se exaltaram sobre as que tem profecia, e as que tem profecias se exaltaram sobre as que tem ensino da palavra, e assim vemos como o povo de Deus pode cair e passar do Espírito para a carne em uma velocidade impressionante. Quando Pedro e João usados por Jesus curaram aquele homem coxo de 38 anos na porta formosa do templo em Atos capítulo 3 então as pessoas todas ficaram olhando para eles espantados. A resposta deles foi um tremendo tapa na cara de todos os que hoje em dia desejam aparecer ou se exaltarem sobre algum dom que tenham recebido da parte de Deus. Veja o que Pedro falou:

E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Homens israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem? Atos 3:12

O versículo anterior diz que o povo correu assustado para diante deles, e eles declararam de todo pulmão, não foi a nossa santidade que fez este homem andar, nem o nosso poder, e mais para frente, se você puder conferir o texto, eles dizem claramente que foi o nome de JESUS, a fé em seu nome!

E pela fé no seu nome fez o seu nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por ele, deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saúde. Atos 3:16

Isso me faz lembrar do Salmos 115

Não a nós, SENHOR, não a nós, mas ao teu nome dá glória, por amor da tua benignidade e da tua verdade. Salmos 115:1

Hoje em dia alguns diriam "está vendo, esta igreja é tão santa, tão ungida, que só aqui tem milagres". "Foi a santidade da nossa igreja que trouxe estes milagres aqui, pois sabe, somos bastante santos." E eu gosto de santidade porque Deus é Santo, agora quando acontece um milagre ou Deus opera algum dom em meio ao seu povo, seja profecia, ensino, o que for, e então as pessoas começam a tomar aqueles milagres para si e começam a propagar o seu próprio ministério ao invés do nome de Jesus, ah, ah, ai temos um grande, UM ENORME problema. Isso é algo que tem acontecido muito hoje em dia, há muita gente tomando os milagres para si, e as conversões para si e dando glória para seus ministérios... só que o Espírito Santo não glorifica nada a não ser Cristo. Temos que entender de uma vez com todas, Deus opera muitas coisas entre nós e não é por causa de nós e nosso mérito e esforço mas é APESAR de nós e nossas falhas vergonhosas. É pela graça e misericórdia e não por nossa santidade.

Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. João 16:13-15

Lemos claramente no versículo 13 o Senhor Jesus falando a respeito do Espírito Santo "Ele me glorificará". Quando um milagre acontece, quando Deus faz um milagre e algum de nós liga este milagre a nossa igreja, ministério, pastor, seja lá o que for e não atribui aquilo ao mérito de Cristo, estamos soltando as mãos do Espírito Santo do Senhor e começando a andar por nossa conta e risco. Eu creio que este ensino seja importante pois o Senhor Jesus nos ensinou a amar a verdade acima de todas as coisas, e isso inclui amar a verdade mesmo quando ela estiver testificando contra nós mesmos. Você é daqueles que quer ouvir o que quer ouvir ou quer ouvir o que precisa ouvir? Você é daqueles que quer escutar o que quer escutar ou você realmente quer ouvir o que Deus tem para falar mesmo que isso seja testificando contra você?

Temos muitas pessoas hoje que em algum momento frequentaram alguma igreja e ali receberam por exemplo uma cura do seu corpo físico, um milagre de saúde. Estas pessoas foram abençoadas por Cristo, mas dez leprosos foram curados pelo Senhor certa vez e apenas um só voltou para dar glórias a Deus, e ele era um estrangeiro, nem era um "cristão". Vejamos bem, mas as pessoas são curadas numa igreja e ao invés de atribuírem isso a Jesus (ainda que muitos digam que foi Jesus mas não consideram Jesus acima de tudo), então muitas destas pessoas começam a desenvolver um amor cego pela sua igreja, pastor ou denominação acima do amor pela palavra de Deus. Paulo estava sendo usando por Deus com milagres extraordinários e quando chegou em Beréia os irmãos foram conferir se o que ele falava realmente estava na bíblia. Eles não diziam "olha quantos milagres acontecendo" eles olhavam para a palavra e amavam a palavra acima de tudo.

O que eu quero dizer com isso é o seguinte, se na sua igreja tem milagres por exemplo, ou profecia, ensino, ou manifestação de qualquer dom espíritual legítimos isso não confere a sua igreja, pastor, irmãos, seja lá o que for o direito de pregar o que quiserem e fazer o que quiserem. Estamos sujeitos a uma autoridade, a autoridade da palavra de Deus, a autoridade de Jesus Cristo. Significa que talvez os irmãos de Bereia não quiseram ouvir Deus com os ouvidos de Paulo, eles não se contentaram com isso, talvez eles tenham ido bem longe e compreendido que Paulo sendo apenas um homem jamais poderia realmente executar milagres, aqueles milagres eram Jesus quem operava, eles foram capazes de ver aquele que estava por trás de Paulo, e portanto eles sabiam muito bem que tinham que amar Jesus mais do que a Paulo, e então conferiam na palavra todas as coisas. Hoje se alguém quer conferir algo a pretexto de aprender e não ser enganado será chamado de incrédulo ou rebelde, que não acredita na autoridade espiritual dos pastores e profetas de Deus. Mas a bíblia manda examinar tudo.

Uma pessoa então é curada em uma igreja, e logo depois ela começa a ler a bíblia, e aquela igreja digamos assim está pregando algumas coisas bem fora da palavra. Algumas profecias ali não se cumprem, outras contradizem a escritura, alguns ensinos são falsos, há uma carnalidade dominando todas as coisas, mas as pessoas dirão assim "eu não sei de nada, só Deus pode julgar, só sei de uma coisa eu fui curado naquela igreja ali". Você conseguiu perceber o ponto que este texto pretende tocar? Tem milagres na sua igreja? Ótimo, isso não dá direito de vocês pregarem fora da bíblia e mancharem os milagres que Jesus esteja operando! Tem milagres na sua igreja? Isso não dá para vocês o direito de julgar que pela santidade do seu ministério é que estes milagres se operam e não pela fé no nome de Jesus Cristo!

Aquele, pois, que vos dá o Espírito, e que opera maravilhas entre vós, o faz pelas obras da lei, ou pela pregação da fé? Gálatas 3:5

Ninguém pode se apropriar dos milagres do Senhor Jesus e tomá-los para si glorificando seu ministério, o Espírito Santo não glorifica igreja, ministério local, pastor, pregador, ele glorifica a Cristo! Se você está usando milagres e dons espirituais que recebeu de Deus para se aparecer e para glorificar seu próprio ministério "parabéns" você está tomando o mesmo caminho que o diabo tomou em sua rebelião sem causa contra Deus! Se envaideceu pela sua formosura, pelos seus dons, pela sua beleza, e começou a louvar a sua "grande autoridade" que Deus lhe tinha dado e arrastou um terço dos anjos consigo! O diabo estava lá apenas dizendo "veja quão grande autoridade eu recebi"! E ele tinha recebido mesmo, e era dada pelo Senhor, mas era para louvor do Senhor e não para ele louvar-se a si mesmo! Ah se soubésemos quantos homens e mulheres de Deus não cairam por causa desta vaidade! Se você começa a louvar o dom de cura que há na sua igreja, cuidado! Se você começa a louvar a autoridade que teu pastor recebeu, cuidado! Louve a Deus, e somente a Deus!

"Ah, mas naquela igreja eu fui curado"

Então não olhe para aquela igreja como se pelo seu próprio poder e autoridade ela tivesse operado a tua cura! Não foi ela, foi Jesus! Não foi o pastor, foi Jesus! Agora pense o seguinte, quando as pessoas fazem isso na verdade elas estão fechando os olhos para não ver a verdade! Eu citei muito o exemplo do Benny Hinn em últimas postagens, um homem que vem sendo uma máquina de pregar heresias! Então as pessoas vão em suas reuniões e dizem "eu fui curado lá", e quando você vai tentar lhes alertar de ensinos contrários a palavra elas simplesmente fecham os olhos para não ver! Por causa de um milagre ou profecia, ou de supostos milagres e profecias, as pessoas hoje em dia acabam amando mais seus ministérios do que a palavra de Deus. Ao ponto que não interessa o que diga a palavra porque "eu fui curado naquela igreja".

Ame a palavra mais do que milagres, sinais e dons espirituais, amemos Jesus realmente acima de tudo, Ele é a Porta e última oportunidade de Deus para a Salvação dos homens, e o Espírito Santo que ganhou do Pai é Aquele que foi enviado deste os céus, é Aquele que desceu dos céus para PREPARAR a igreja do Senhor para a eternidade. Não confundamos mais as coisas. Deus é Santo. O Senhor sabe muito bem o quanto somos tendenciosos a ter nosso coração desviado por causa de milagres e sobrenatural, não é a toa que os falsos profetas nos últimos dias usariam uma corrupção dos milagres de Jesus Cristo para sequestrar os corações e mentes da igreja do Senhor na face da terra. Os falsos profetas no tempo do fim também operariam sinais e falariam o nome do Senhor se você for ler Mateus 24, mas eles não dariam a glória devida a Jesus buscando e aceitando glória para si e pervertendo a palavra de Deus, louvando muito mais os seus dons e autoridades do que ao Senhor de toda a glória e que tudo fez por nós todos!

Eu penso que seja um assunto bem denso de se tratar este, e não sei o quanto fui feliz no texto que pude escrever. Não espero entregar reflexões prontas, mas sim usar estas palavras para provocar em alguns irmãos o desejo de ir as escrituras e aos pés do Senhor e refletir meditar melhor sobre o assunto!

Que a Paz que excede todo o entendimento guarde os nossos corações e nos mantenha em Cristo Jesus!

Arrepende-te Brasil.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A guerra pela Verdade dentro da igreja


Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Mateus 10:34-36


JESUS garantiu que haveria uma grande disputa dentro da igreja (e nós lemos esta disputa já nos dias dos apóstolos) por causa da SUA PALAVRA! Haveria um tremendo confronto e choque entre a mentira e a verdade, a luz e as trevas, e isso ocorreria em todos os lugares mas também dentro da família de Deus isso seria muito forte!

Leia a bíblia com maior cuidado e carinho, ore mais e busque mais a face de Deus, e então será mais fácil e razoável para ti compreender este confronto bem como necessidade dele existir! Fazer esta guerra é necessário, então quando você ver alguém lutando pela verdade, com misericórdia (Provérbios 16:6), usando as armas da justiça, por favor, não se levante para tentar silenciar agindo semelhantemente ao que faziam nos dias de Isaías, capítulo 30 "dizendo aos profetas, não profetizem, e aos videntes, não vejam para nós o que e reto".

Quando você ver esta luta acontecendo, não se torne apático, nem faça bico ou cara feia se ofendendo e escandalizando dizendo "não julgueis", pois não julgueis não quer dizer "não podemos discernir as coisas"! JESUS não disse que haveria paz entre nós, mas brigas em muitos momentos e isso para que a verdadeira paz aparecesse! Importa que haja heresias entre vós para que os sinceros sejam notados! Veste pois a tua armadura e vamos a luta! Nosso inimigo é espiritual "pois não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas contra principados e potestades, e contra os dominadores do mal nas regiões celestiais!"

Veste a tua armadura, e vamos descobrir quais são os debates inúteis, dos quais a palavra nos orienta a fugir, e também quais são os debates úteis, e a lutas as quais o SENHOR nos comanda tomar parte e correr para elas! Alguns debates devemos fugir deles, já outros, precisamos correr para eles! Há um grupo de "pacificadores" na internet dizendo apenas "vamos fugir dos debates que eles não edificam", mas há debates que não podemos fugir, há momento que não podemos nos calar, e há oportunidades que não podemos perder!

E disse o Senhor em visão a Paulo: Não temas, mas fala, e não te cales; Porque eu sou contigo, e ninguém lançará mão de ti para te fazer mal, pois tenho muito povo nesta cidade. Atos 18:9,10

E, entrando na sinagoga, falou ousadamente por espaço de três meses, disputando e persuadindo-os acerca do reino de Deus. Atos 19:8

O cristianismo fala muito sobre paciência, misericórdia, tolerância, amor incondicional, e parte deste amor é justamente aliado a um lado que não pode e não deve ser domesticado nos cristãos, este amor furioso e incontrolável que constrange e leva ao embate pela fé, o qual Judas chamou todos nós em sua epistola. Prefiro quem me fira com a verdade do que quem me beije com a mentira, não podemos esconder a lâmpada embaixo da cama quando falsos profetas estão mentindo e tendo livre trânsito na casa do Senhor!

O confronto é inevitável se você está no ESPÍRITO!

Leais são as feridas feitas pelo amigo, mas os beijos do inimigo são enganosos. Provérbios 27:6

# pense nisso!

domingo, 29 de outubro de 2017

A igreja que virou fã clube: Uma triste realidade, uma dura constatação


Sem muita resistência, o mundo gospel não escapou da correnteza avassaladora do fenômeno da celebridade na cultura moderna.

Assim, o marketing da indústria fonográfica gospel procura gerar uma identificação do público com o cantor de uma forma semelhante ao modo de construção de mecanismos de comunicabilidade da mídia secular: a divulgação do CD/DVD que ressalta o sucesso do artista, competições e eventos que premiam os "melhores do ano", a promoção de tarde de autógrafos ou de visitação aos bastidores, programas de TV e revistas evangélicas que mostram casamentos, aniversários e a própria casa dos cantores gospel, e assim por diante.

Para Neal Gabler, autor do livro Vida, o filme, o culto à celebridade está substituindo a religião organizada e a própria religião tem se adaptado aos novos tempos ao assimilar a cultura do consumo e empregar estratégias similares às da comunicação midiática secular.

Mesmo que os artistas gospel autointitulem-se “levitas” ou “ministros”, vemos que o relacionamento entre “ministros” e “fiéis” por vezes segue o padrão de tratamento mútuo entre “ídolos” e “fãs” seculares, como demonstrações de histeria durante os shows, oferta de wallpapers com fotos de cantores (sugerindo o download de posters dos “levitas”), criação de sites não-oficiais e comunidades nas redes sociais altamente devotas dos artistas.

Assim, embora os jovens conversos ao cristianismo abandonem os ídolos da música secular, uma considerável parte dos novos fiéis parece apenas ter trocado de ídolos – os seculares pelos cristãos – tal é o nível de interesse e devoção com que buscam relacionar-se com os cantores do gospel contemporâneo.

Nem todo cantor gospel demonstra interesse no padrão de tratamento “ídolo-fã”. Alguns deles não alimentam esse comportamento. Outros, acreditam que é apenas uma forma de carinho por parte do admirador de sua música. Mesmo assim, há espectadores que se comportam como fãs, embora isso também dependa do incentivo do artista.

Alguns dizem que o estilo de música é o gatilho que dispara a reação histérica dos fãs. Ocorre que, no século XIX, o pianista e compositor erudito Franz Liszt incendiava a platéia com suas performances fenomenais. Ele cansou de receber flores, cartas e, veja só, peças íntimas de madames apaixonadas. Mais antigamente ainda, os fãs das óperas de Haendel endeusavam a diva Francesca Cuzzoni com mimos exorbitantes.

Não é todo artista que vibra com o fanatismo. Os Beatles pararam de fazer shows ao vivo no auge da carreira porque já não suportavam os gritos histéricos que sufocavam a música.

Não digo que o público cristão seja um insensato adorador de cantores - embora em alguns casos possa ser. Ou que todos os fiéis assumam os cantores como seus "ídolos". Não deixa de ser uma relação de admiração e carinho também que muitas vezes passa da conta. Uma relação, aliás, que não dá espaço para qualquer crítica ao artista de sua preferência.

No entanto, alguns artistas gospel já se reportam aos fiéis com expressões como “agradeço a presença dos meus fãs” ou “um beijo para todos os meus fãs”. Tempos estranhos para o cristianismo: ninguém consegue imaginar Pedro e Paulo agradecendo de coração à presença de “fãs gentios”. Hoje se consegue assimilar um cantor cristão mandando um beijo no coração dos seus fãs gentis.

Fonte: Nota na pauta , em vermelho pequenos acréscimos meus.

Podemos profetizar o que quisermos?


Será que podemos mesmo profetizar o que quisermos e isso irá acontecer? Podemos determinar, declarar, confessar as nossas vontades com nossa boca e isso vai acontecer? A bíblia diz que não...

"Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo." 2 Pedro 1:21

A profecia não nasce da vontade da carne, portanto esta história de "vira para o irmão do teu lado e profetiza..." é muito perigosa, pois induz o povo a profetizar sem que o Senhor tenha mandado. Além do mais os termos usados são bem auto-explicativos o "EU profetizo", "EU determino", "EU tomo posse", "EU decreto", "EU declaro", "EU confesso", todo este monte de eu´s, eu, eu, eu nos dão um alerta.

Você muitas vezes profetiza (EU), mas o SENHOR não está falando nada. São profecias apenas nascidas do coração do homem, da vontade do homem, mas não do Espírito de Deus.

"Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos profetas loucos, que seguem o seu próprio (coração) espírito e que nada viram!" Ezequiel 13:3

A maioria das pessoas está decretando, profetizando e declarando caprichos, orgulhos e vaidades e sonhos pessoais, mas não são palavras que corrigem, edificam, ensinam, alimentam e trazem de volta as pessoas para o Senhor.

"Não mandei esses profetas, contudo eles foram correndo; não lhes falei, contudo eles profetizaram." Jeremias 23:21

Você vê claramente que ninguém pode profetizar o que bem entende, pois profecia na verdade é a comunicão de uma palavra de Deus, então isso não pode ser inventado pelo homem mas tem que ser dado pelo Espírito Santo.

Lemos também em Jeremias 14 "E disse-me o SENHOR: Os profetas profetizam falsamente no meu nome; nunca os enviei, nem lhes dei ordem".

Mas Ezequiel relata como profetizou debaixo da ordem do Senhor (e é claro, há os testes bíblicos para as profecias, as quais o Senhor mesmo ordena examinarmos e provarmos para ver se são de Deus, e isso falaremos em outra oportunidade se assim o Senhor nos conceder):

Então profetizei COMO SE ME DEU ORDEM. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso. Ezequiel 37:7

Quem é aquele que diz, e assim acontece, quando o Senhor o não mande? Lamentações 3:37

É por isso que em muitas congregações atualmente o ensino dominante conta em ordenar ao povo que profetize coisas que Deus não mandou, consiste em profetizar coisas que Deus não mandou, e então, como diz as Escrituras, ainda fazem o povo esperar o cumprimento daquelas 'profecias', levando assim multidões a confiarem em suas próprias palavras, confissões e declarações e não na Palavra do Senhor.

Declarações e confissões estas, diga-se de passagem, que são muito mais baseadas nas vontades da carne, nas bênçãos, conquistas e vitórias, nas glórias humanas, terrenas e passageiras (efêmeridades) do que naquilo que é eterno. São profecias recheadas de materialismos e vaidades que além de anti-bíblicas prometem um montão de coisas para as pessoas que Deus nunca prometeu em sua palavra obscurecendo assim nas mentes e corações de quase todos a Luz verdadeira do Evangelho do SENHOR.

Para encerrar, ainda que há muito mais citações que eu poderia fazer, e em outra hora adicionarei a este texto um rodapé com algumas mais referências bíblicas para pesquisa, mas quero deixar aqui uns versículos que nos revelam qual é o propósito e objetivo, qual é o motivo pelo qual o Senhor fala nas Sagradas Escrituras:

"Tu, porém, permanece naquilo que aprendeste, e de que foste inteirado, sabendo de quem o tens aprendido, E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra." 2 Timóteo 3:14-17

Concluímos pois que a Palavra de Deus não nasce do homem, mas vem de Deus, e para os objetivos de Deus e não para a glória humana, mas para a glória de Deus, pois o Espírito Santo ( o real inspirador de todas as verdadeiras profecias ), o Espírito da Verdade, não mente e não glorifica pessoas, pastores, irmãos, ministério de igreja local, mas somente a JESUS CRISTO:

Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu, e vo-lo há de anunciar. João 16:14

A Palavra portanto tem várias funções, exaltar ao Senhor, ensinar, repreender, corrigir, edificar, consolar, mas nunca satisfazer egos e vontades carnais humanas, as quais nos afastam na verdade do Senhor, A palavra do Senhor é enviada para fazer aquilo que agrada ao Senhor, aquilo que apraz ao Senhor, que lhe dá prazer, e não para satisfazer o ego, a loucura, megalomania e vaidade dos homens. Neste ponto temos que tomar cuidado, pois há profecias falsas que são de inspiração carnal, e outras que são trazidas por espíritos enganadores, e isso trataremos em outro momento se assim Deus nos permitir. Fiquemos com os versículos de Isaías para encerrar, Deus envia a Sua Palavra para fazer aquilo que Ele quer, portanto, pense mil vezes antes de sair por ai fazendo falsa profecia, obedecendo a ensinos de homens e não do Senhor, cuidado com este negócio de "profetiza para o irmão do seu lado", "eu declaro", "eu determino", "eu confesso", "eu profetizo".

Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei. Isaías 55:11

Arrepende-te Brasil

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

TIAGO, FILHO DE ZEBEDEU, MORTO EM 45 D.C.


TIAGO, FILHO DE ZEBEDEU, MORTO EM 45 D.C.


Tiago era filho de Zebedeu e Salomé. Ele ganhava a vida como pescador, mas quando Cristo o chamou para ser seu discípulo, abandonou sua profissão e seguiu a Jesus. Leia Mt 4:21 e Mc 1:19. Ele foi instruído durante muito tempo, junto com os outros apóstolos, sobre as responsabilidades dos discípulos de Cristo, antes de ser enviado ao campo. Leia Mt 10:2; Mc 6:7; Lc 6:13. Ele tinha o dom de fazer milagres. Foi por isso que ele era um dos três que tinham o apelido de Boanerges, que significa “filhos do trovão”. Em todas as ocasiões de mais importância, ele esteve com Jesus, sendo escolhido, inclusive, para ver a glória do Senhor no santo monte, e posteriormente, ser testemunha de seus sofrimentos no jardim de Getsêmani. Leia Mc 3:17-18; Mt 17:1; 26:36. Cristo predissera que Tiago beberia do mesmo cálice que ele bebeu,que seria batizado com o mesmo batismo, e que estaria sujeito ao mesmo sofrimento e à mesma morte de Jesus. Leia Mt 20:23-24. Decapitação de Tiago, fi lho de Zebedeu
.
Depois da morte de Cristo, ele se uniu aos outros apóstolos para testemunhar junto com eles, dos sofrimentos, da morte e da ressurreição do Senhor, e para ser instruído por ele durante quarenta dias após sua ressurreição. Depois que Cristo ascendeu ao céu, ele também permaneceu em Jerusalém, junto com os outros apóstolos, onde posteriormente receberam o Espírito Santo. Ele pregou o evangelho em Judeia e na Samaria. Leia At 1:13-14. Acredita-se que dali ele seguiu para a Espanha, onde teve pouco êxito, voltando para a Judeia, onde, segundo alguns, foi perseguido por Hermogenes, um mágico. Este apóstolo viveu até o quarto ano do imperador Cláudio, o tempo quando Ágabo predisse uma grande fome no mundo todo. Foi durante esta época que Cláudio ordenou ao rei Agripa que perseguisse a igreja de Cristo. Com isso, Herodes colocou suas mãos sangrentas no apóstolo. Na festa da páscoa, lançou-o na prisão. Pouco depois ele recebeu a sentença de morte, sendo morto pela espada em Jerusalém. Isto ocorreu 45 anos depois do nascimento de Cristo. Leia At 12:2.

Clemente relata que o carrasco, vendo a inocência de Tiago, se converteu e morreu junto com ele. Em outro lugar lemos que o carrasco ficou tão comovido que se declarou cristão. Ambos seguiram para o lugar onde haviam de dar suas vidas. Quando o carrasco pediu que Tiago o perdoasse, ele pensou um pouco e disse: “Paz seja contigo”, e o beijou. Em seguida os dois foram decapitados.

<< >>

Fonte: Livro, o espelho dos mártires

Uma considerável resposta dos pastores da Tasmania a David Owuor em 2011


Os pastores da Tasmania se posicionaram em oração quando descobriram a profecia de 03/08/2011, de um terremoto e tsunami vindo a Tasmania. Um pouco antes, 31/07/2010, ele deu a profecia com alegado cumprimento de número 69, para a Austrália, da qual falamos na postagem anterior, que de fato não aconteceu. Abaixo é um relato de um e-mail compartilhado entre os pastores daquela região sobre reunião em 22 de Março de 2011 e o resultado da sua reunião de oração desejando compreender se realmente Deus havia falado ou não:

"Obrigado a todos que oraram pelo encontro de oração a respeito da profecia de Dr. Owuor. Nós estamos conscientes das orações, e cremos que o SENHOR respondeu elas e falou claramente a nós.

Nós cremos que é importante passar adiante os resultados deste encontro, que foi chamado em 22 de Março de 2011, na base YWAM ao lado de Sorrell, Tasmania. Um convite foi feito para que todos cristãos quanto fossem possível atendessem a reunião de oração.

Nós cremos que a razão pela qual os cristãos da Tasmania estão preocupados a respeito desta profecia é porque Dr. Owuor profetizou vários desastres em outras partes do mundo com grande precisão. De acordo com o seu próprio website e outros comentários relatados, este parece ser o caso.

Então naturalmente, a profecia sobre a Tasmania e a destruição da sua costa nordeste é de séria preocupação para nós tasmanianos. Dr. Owuor prega um evangelho de arrependimento e santidade pessoal o qual é muito bem vindo. De fato, as Escrituras também nos alertam sobre terremotos e desastres similares nos ultimos dias.

Nós como um grupo de cristãos da tasmania desejamos claramente ouvir do Espírito do Senhor neste assunto e não a opinião de homens sobre as profecias desde que a potencial consequência de estarmos enganados pode ser desastrosa. Este é o por que o encontro foi chamado.

O grupo consitiu de crentes de várias denominações cristãs de diferentes confissões. Os grupo também consistiu daqueles que suportaram a profecia, e aqueles contra a profecia e aqueles que indecisos.

Após duas horas e oração e pensativa discussão, e ainda não havia um claro senso de que o Senhor definitivamente havia falado ao grupo a respeito da profecia. Além disso, todos permaneciam na mesma posição que defendiam quando chegaram pela primeira vez.

Entretanto, nós como um grupo cremos que Deus poderia falar claramente a respeito do assunto, e então nós nos propusemos esperar nele ainda mais. Quando nós fizemos, o Senhor começou a falar conosco.

Assim que o Espírito começou a falar conosco, isso foi imediatamente claro para todo mundo no grupo que era o Senhor.

Apesar das posições pró, contra e indecisos elas se mantiveram a respeito da profecia até um ponto, quando em questão de minutos após o Espírito começar a falar, todos unanimemente foram convencidos que a profecia de Dr. Owuor a respeito do tsunami vindo a Tasmania por causa do pecado da igreja da Australia NÃO ERA UMA PROFECIA DE DEUS.

Além disso, após o Senhor falar, a paz do Espirito Santo foi unanimemente testemunhada com cada um, e então nós fechamos o encontro em oração e agradecimento.

O seguinte foi o que feio durante estes dez minutos em que sentimos Deus falando conosco:

Nas escrituras, Jonas foi enviado a Ninive, apesar da relutância em avisar a cidade. Jonas pregadou na cidade e mesmo aos ouvidos do rei, e todos se arrependeram extraordinariamente.

Jonas 3:7-10

Nas Escrituras quando o Senhor tem algo a dizer através dos seus profetas, ele sempre envia os seus profetas ao povo para o qual ele tem que profetizar. Em raros casos quando os profetas não poderiam ir diretamente as pessoas uma carta ou outra pessoa era enviada em nome do profeta para adequadamente dar a conhecer a mensagem a todos. Quando Deus tem algo a dizer para um povo, verdadeiros profetas de Deus são muito fervorosos e minunciosos para levar a mensagem de Deus para eles.

Em contraste com a Escritura, Dr. Owuor nunca visitou a Tasmania para testificar-nos a respeito disso, nem nós conhecemos as tentativas que ele fervorosamente e minunciosamente fez para diretamente comunicar esta profecia alarmante para a igreja da Tasmania, especialmente para os anciãos que supervisionam o rebanho, para que nós pudessemos nos arrepender e ser poupados. Pelo contrário, os tasmanianos parecem ter tropeçado nesta profecia muito mais por casualidade do que por ter a ouvido como uma mensagem direta de Deus pregado para eles pelo próprio profeta.

Também aconteceu que Dr. Owuor não disse em seu vídeo que o tsunami estava vindo por causa do pecado na igreja (enviando aviso para que os cristãos pudessem se arrepender para Deus os poupar). Ao invés disso, esta informação veio mais tarde comunicada em uma mensagem privada que foi resposta a um e-mail questionando a profecia.

[...]

Esta profecia trouxe mais confusão e medo do que convencimento de pecado, duas coisas que o Espírito Santo não traz sobre o seu povo.

Além do mais, não é apenas o conteúdo de uma mensagem profética que é importante ma também o espírito no qual ela é dada. Uma verdadeira mensagem profética será reconhecida por ambos, no seu conteúdo e no espírito (Espírito Santo) através da qual ela vem. (1 João 4:1)

Quando Jesus repreendeu algumas das igrejas em Apocalipse 2 e 3, sempre houveram elogios as igrejas junto com as repreensões (exceto para Laodiceia). E com Laodicea, o amor do Senhor permaneceu evidente por eles apesar do fato deles apenas estarem sendo repreendidos e não estarem recebendo nenhum elogio dele (Apocalipse 3:19). O Espírito de Jesus que repreende as igrejas é um de amor e fervoroso desejo por restauração. É um propósito redentor e não condenatório.

A profecia de Dr. Owuor nós parece ser apenas condenatória e ameaçadora no espírito. O espírito na qual ela foi dada não parece ser aquele genuíno de amor e desejo por restauração de volta a Jesus. Independente da mensagem "a igreja está em pecado" ser uma declaração verdadeira, o espírito no qual repreendeu os Tasmanianos (australianos), o espírito no qual repreendeu a igreja é diferente do Espírito que repreendeu as igrejas em apocalipse. Este espírito não possui uma natureza redentora e restauradora que é do Espírito Santo. Este parece ser um espírito de julgamento sem muito graça.

Isto foi o que nós cremos que o Senhor falou conosco nestes dez minutos.

Após encerrar, o grupo concordou que há uma grande necessidade para nós, a igreja da Tasmania, se arrepender dos nossos pecados e continuar perseverando em intercessão e para a salvação e redenção das almas na Tasmania.

Por último, as Escrituras a respeito dos últimos dias falam de terremotos e fomes em vários lugares (Mateus 24:7-8), os quais são o começo das dores. Tasmania, assim como o resto do mundo, não é exceção a esta escritura. Nós devemos esperar e ver um aumento dos desastres naturais, mesmo na Tasmania, de acordo com as palavras do Senhor Jesus e suas próprias profecias na Escritura.

Obrigado, e louvado seja o Senhor, Nosso Grande Deus e Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual foi fiel e ouviu as orações e respondeu falando tão claramente a nós. Nós oramos para que o Espírito Santo pessoalmente também com você."

Retirado de:

Será que realmente David Owuor tem 82 profecias cumpridas? Analisemos a profecia 69



No site de David Owuor (www.repentandpreparetheway.org) há uma lista com 82 profecias as quais dizem ser cumpridas a risca e perfeitamente. A maioria das vezes nós vemos muitos apenas dizendo "suas profecias se cumprem a risca". Mas será que você já foi analisar as 82 profecias e o seu cumprimento? Nós vamos hoje nos deter sobre uma delas, a de número 69 na lista, onde David Owuor está dizendo que se a igreja na Austrália não se arrepende-se o "oceano iria falhar em parar", segundo ele foi isso que Deus havia lhe dito.


Segue abaixo o link do YouTube para o qual o site oficial de David Owuor aponta como sendo o cumprimento da profecia. Infelizmente em inglês, e também infelizmente nós não achamos o original da profecia, o que seria muito importante para complementar a análise, uma vez que comumente temos encontrado edições feitas no intuíto de dar a entender uma coisa quando na verdade David profetizou outra.

O link é este:

A profecia foi dada em 31 de julho de 2010, e as enchentes ocorreram em 25 de dezembro de 2010, e eles juntaram as enchentes de 25/10/2010 com um ciclone que ocorreu em 2011 como o título do vídeo com a profecia cumprida sugere "Enchentes australianas e ciclone Yasi na costa leste, profecia cumprida".

Qual foi a causa das enchentes de 25 de dezembro 2010? Chuvas.

O que dizia a profecia? Que o ocenano vai falhar em parar no caso de não arrependimento.

David Owuor citou a costa leste da Austrália na profecia, e a título de informação, a temporada de Ciclones na Austrália começa em dezembro e vai até maio, época em que são muito comuns especialmente no norte, nordeste e noroste da Austrália. Se você "profetizar" um ciclone ou inundação para a Austrália agora, em breve é muito provável que a sua "profecia" irá se cumprir.

Bom, lendo reportagens da época a respeito do Ciclone Yasi, chega-se a conclusão que o Ciclone trouxe inundações causadas por chuvas, mas em momento algum lemos a descrição de David Owuor "o oceano vai falhar em parar" se cumprindo, o que seria uma espécie de tsunami, que pode ser causada por um terremoto, ou uma inundação vinda do mar causada por um ciclone extremamente forte.

Bom, em caso algum, nem juntando os dois eventos que seu site alega como cumprimento profético, nem assim teríamos nem de perto cumprida a descrição dada por ele de que Deus falou "o oceano vai falhar em parar".

Analisar esta profecia é importante para compreendermos o próximo texto que irei postar, uma considerável resposta de pastores da Tasmania a uma profecia de David Owuor.

Encerrando, das 82 profecias de alegado cumprimento então  agora já podemos riscar a de número 69 da lista, pois ela de fato NÃO SE CUMPRIU! 

82 - 1 = 81 ... e pode ter certeza, este número ainda vai baixar bem.

"Quando o profeta falar em nome do Senhor, e essa palavra não se cumprir, nem suceder assim; esta é palavra que o Senhor não falou; com soberba a falou aquele profeta; não tenha MEDO dele." Deuteronômio 18:22

Nós cremos na necessidade da igreja se arrepender, inclusive, das falsas profecias e falsos profetas.

Shalom

Arrepende-te Brasil

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

David Owuor, um Benny Hinn africano?


David Owuor é um profeta que se hospeda nos melhores hotéis ao redor do mundo quando em suas viagens para realizar conferências. Se gaba por não pedir ofertas, repreende os pastores que ostentam jatos privados, mas enquanto isso ele mesmo faz suas compras numa das mais caras boutiques do Quênia, veste-se como um rei, anda nos melhores carros, e se hospeda nos maiores hotéis do mundo. Eu posso dizer isso com propriedade pois vi com meus próprios olhos. No púlpito David Owuor está repreendendo o luxo e ostentação dos pastores, que eles deveriam usar carros menores para que o reino de Deus pudesse avançar, e que eles exigem hotéis 5 estrelas, e então ele diz que quando vem para a América do Sul dorme no chão do aeroporto de Guarulhos, ou que dormia no chão do aeroporto de Johanesburgo na África do Sul. Mas o que poucos sabem é que enquanto ele está repreendendo os falsos profetas por desejarem se hospedar no hotel Hilton, ou Intercontinental, ele mesmo vai aos países e se hospeda nos tais hotéis. Quando entramos em contato para chamá-lo para vir ao Brasil foi exatamente esta a resposta que recebemos lá do Quênia, que "este é o poderoso profeta do Senhor, temos que honrá-lo". Honrá-lo entenda-se por tratar ele com extremo luxo e conforto. Eu mesmo vim a conhecer alguns dos nomes de hotéis de luxo do Brasil por causa do ministério de David Owuor. Quando estavam indo ao Rio de Janeiro queriam hospedar-se no Copacabana Palace. Quando para São Paulo queriam se hospedar no Grand Hyatt, e disseram que o Hilton ou Intercontinental também estavam bom, que deveria ser um hotel pelo menos como o Sheraton (o mesmo que Benny Hinn já se hospedou quando no Brasil). Estes são os hotéis das grandes estrelas deste mundo, onde os ricaços se hospedam. As pessoas as vezes veem ele falando que dormia no chão do aeroporto, e que não pede ofertas e paga tudo de seu próprio bolso (bolso que é custeado com ofertas diga-se de passagem), mas as pessoas ao escutarem isso imaginam um ministério muito pobre e simples, mas a imprensa do Quênia sempre destaca o luxo e ostentação de David Owuor e seu ministério, um dos pastores mais ricos do Quênia, não devendo nada para os pastores da prosperidade, eles sempre destacam o seu comboio presidencial que o acompanha, uma frota de Merceds Benz, BMWs, Prados, Land Rovers, e muitos outros carrões de luxo. Eu realmente creio que David Owuor perdeu-se em algum ponto da sua trajetória e um desejo de ser honrado e reconhecido apareceu em seu coração, e infelizmente ele encontrou um povo que o idolatrou, e hoje eu posso dizer sem sombra de dúvidas que a idolatria de parte da igreja queniana por David Owuor tem sido uma grande fonte de contaminação para a igreja de Cristo a nível mundial. A palavra é idolatria, uma horrorosa idolatria com aparência de piedade e verniz de santidade é o que temos acompanhado. David Owuor tem sido tratado como se fosse "deus", em seu ministério eles combatem toda forma de idolatria e pecados, só o que não se pode falar ali é justamente para combater a idolatria a David Owuor. Ele começou dizendo que era apenas "um servo como todos os outros", e depois passou a profeta, poderoso profeta, mais poderoso profeta, hoje eles o chamam de santíssimo, mais glorificado, mais temível, mais poderoso, mais transfigurado, alguns o chamam de imortal, profeta de Deus! Isso não é um absurdo? Desde a minha conversão nunca tive tantos elogios assim a não ser para JESUS! Apenas toda esta ostentação de títulos sobre si próprio, apontando para si mais do que para Cristo, este monte de coroas que ele coloca sobre si, já em um sinal de alerta vermelho. Todos sabem como nós mudamos radicalmente de posição com relação a David Owuor, e passamos de aceitá-lo como homem de Deus a combatê-lo como falso profeta. Nossos olhos foram abertos, e saímos também desta horrorosa idolatria a este homem. Durante um tempo nós relevamos muitas coisas que não deveríamos ter relevado apenas por conta das mensagens repreendendo a teologia da prosperidade, mas quanto maior foi o nosso contato com o ministério mais entendemos claramente o quanto, apesar de milagres e uma pregação que combate teologia da prosperidade, esta idolatria cega a David Owuor NECESSITA ser combatida a nível mundial pois isso está usando milagres para tentar validar heresias e idolatria, a isso chamamos apostasia.

Nós ainda vamos usar o espaço deste site aqui, se Deus nos conceder esta graça, para falar muito sobre alguns dos falsos sinais de seu ministério, como a sua falsa transfiguração, as montagens e edições de algumas profecias, erros doutrinários, profecias óbvias, as falsas profecias sobre a captura da glória de Deus visível em fotos e filmagens. Ele alega que Deus falou com ele que aquelas coisas capturadas na filmagens são a glória de Deus visível quando qualquer um com mínimo conhecimento de edição de imagens e filmagem nota que aquilo não passa de um simples reflexo na lente das câmeras, efeito extremamente comum em diversas filmagens e fotografias.

Nós realmente somos muito simpáticos a mensagem de arrependimento para a igreja, sim, ela é bem-vinda. Reconhecemos que muitas pessoas tomaram uma posição contra a teologia da prosperidade através das mensagens que David Owuor. Só que uma coisa não justifica a outra. Assim como dissemos em mensagens anteriores, muitos dos que nos escreveram dizendo que despertaram através de mensagens pregadas por ele, hoje nos dizem, que a bem da verdade, para manterem este despertamento compreenderam que não podem mais aceitar certos gritantes enganos de seu ministério. Esta glorificação toda a David Owuor está atrapalhando as pequenas ovelhas do Senhor que apenas querem adorar Jesus Cristo! Pedro combateu a idolatria de si próprio, Paulo combateu, o anjo diante do qual João se prostrou combateu, mas no ministério de David Owuor geralmente tudo gira em torno de reconhecer ele como profeta do Senhor. Para eles o versículo já não é mais assim "e esta é a vida eterna, que conheçam a Ti como Deus único e verdadeiro e a Jesus Cristo, a quem tu enviaste". Para eles o versículo é assim "e esta é a vida eterna, que conheçam a Ti como Deus único e verdade, e a Jesus Cristo a quem tu enviaste, e a David Owuor seu único profeta". Durante um tempo nós achávamos que David Owuor não tinha culpa pelas pessoas o idolatrarem, mas hoje, até mesmo pelas suas próprias palavras, podemos compreender muito bem que ele próprio é quem instiga este endeusamento todo sobre si próprio e sobre o seu ministério como se fosse o único ministério santo e justo na face da terra. Eu entendo bem que não são todos os membros do seu ministério que pensam e se posicionam assim, e que há preciosas ovelhas de Cristo neste ministério (assim como em outros), preciosas ovelhas de Cristo que ali estão atraídas pela mensagem de arrependimento e santidade como nós também no passado. A minha oração é que o Senhor desperte as suas ovelhas, e os seus verdadeiros pastores que ali estão, e que possamos nos unir em combater o bom combate. Esta idolatria precisa cair, para que o povo de Deus possa ir adorar ao Senhor. 

Portanto, meus amados, fugi da idolatria. 1 Coríntios 10:14

Arrepende-te Brasil

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

O nosso evangelho era um negócio lucrativo - Declarações do sobrinho de Benny Hinn


"Benny Hinn é meu tio, mas a pregação da prosperidade não é para mim"

Como parte do império da família eu vivi uma vida de luxo. Então as dúvidas começaram a aparecer.

Costi Hinn | 20 de Setembro de 2017

Faz quase quinze ano, em uma região costeira próximo a Atenas, Grécia, eu me sentia completamente confiante na minha relação com o Senhor e a minha trajetória ministerial. Viajava pelo mundo em um avião privado da Gulfstream fazendo o ministério do "evangelho" e desfrutando cada luxo que o dinheiro podia comprar. Depois de um voo confortável e a minha comida favorita (lasanha) feita pelo nosso chef (cozinheiro) pessoal, nos preparamos para uma viagem ministerial descansando no Grand Resort: Lagonissi. Se gabando em minha própria vila com vista ao mar, com piscina privada e mais de 200 metros quadrados de espaço habitável, me recostei sobre as rochas sobre a borda da água e me regozijei na vida que eu estava vivendo. Depois de tudo, eu estava servindo a Jesus Cristo e vivendo a vida abundante que ele prometeu.

Mal sabia eu que esta costa era parte do mar Egeo, as mesmas águas que o apóstolo Paulo navegou enquanto difundiu o Evangelho de Jesus Cristo. Havia um só problema: Não estávamos pregando o mesmo evangelho que Paulo.

Estilo de vida luxuoso

Crescer no império da família Hinn era como pertencer a alguma mistura de família real e da máfia. Nosso estilo de vida era luxuoso, nossa lealdade era imponente, e nossa versão do evangelho era um grande negócio. Ainda que Jesus era parte do nosso evangelho, era mais um gênio da lâmpada mágica do que o Rei dos reis. "Esfregando" ele do modo correto — através de dar dinheiro e ter fé suficiente — isso destravaria a sua herança espiritual. O objetivo de Deus não era a sua glória mas o nosso lucro. Sua graça não era para nos libertar do pecado mas para nos fazer ricos. A vida abundante que Ele ofereceu não era eterna, era para agora. Nós vivemos o evangelho da prosperidade.

Meu pai pastoreava uma pequena igreja em Vancouver, British Columbia. Durante os meus anos de adolescente, ele poderia viajar aproximadamente duas vezes por mês com o meu tio, Benny Hinn. A teologia da prosperidade paga incrivelmente bem. Nós vivemos numa mansão de 1000 metros quadrados guardada por um portão privado, dirigíamos duas Mercedes Benz, desfrutávamos férias em lugares exóticos, e comprávamos nas mais caras lojas. Além disso compramos uma casa com vista ao mar de 2 milhões de dólares em Dana Point, Califórnia, onde outro Mercedes Benz se uniu a frota. Fomos extremamente abençoados.

Ao longo dos anos enfrentamos muitas críticas tanto dentro como fora da igreja. Dateline NBC, The Fifth Estate, um programa canadense de notícias, e outros programas, realizaram trabalhos de investigação. Conhecidos líderes ministeriais usaram radio para advertir as pessoas de nossos ensinos e os pastores locais disseram as suas congregações para se manterem afastados dos púlpitos ocupados por um "Hinn". Neste momento, eu cria que estávamos sendo perseguidos como Jesus e Paulo. Nossos críticos estavam invejosos de nossas bençãos.

Dentro da família, não toleramos a crítica. Um dia perguntei ao meu pai se nós poderíamos ir curar minha amiga de escola que havia perdido o seu cabelo por causa de câncer. Ele respondeu que ele poderia orar por ela de casa mesmo ao invés de ir lá curá-la. Eu pensei comigo mesmo, "Não deveríamos estar fazendo o mesmo que os apóstolos fizeram se nós temos o mesmo dom?" Naquele ponto, eu não questionei a sua capacidade para curar, mas as dúvidas começaram a surgir a respeito dos nossos motivos. Nós apenas fazíamos curas nas cruzadas, onde a música criava a atmosfera, o dinheiro mudava de mãos, e as pessoas se aproximavam com a quantidade "correta" de fé.

Outras dúvidas vieram a tona. O que dizer sobre as tentativas de cura onde não houve sucesso? Eu aprendi que era culpa da pessoa doente por duvidar de Deus e não ter fé suficiente. Por que deveríamos falar em línguas sem interpretação? "Não apague o Espírito", era o que me diziam. "Ele pode fazer o que ele quiser". Por que muitas de nossas profecias contradiziam a bíblia? "Não ponha Deus em uma caixa"; apesar das questões, eu confiava em minha família porque nós éramos muito bem sucedidos. Dezenas de milhares de pessoas nos seguiam, milhões lotavam os estádios anualmente para ouvir meu tio. Nós curávamos os enfermos, fazíamos milagres, éramos próximos de celebridades, e tínhamos uma incrível riqueza. Deus tinha que estar do nosso lado!

Página 2

Antes de ir para a universidade eu tirei um ano de férias e me juntei ao ministério de Benny como um "aparador" (alguém que pega as pessoas que estão "caindo no espírito") e assistente pessoal. Este era um rito de passagem na minha família, já que todos os sobrinhos trabalhavam para ele em algum momento. Esta era uma demonstração de lealdade e gratidão. Naquele ano foi um turbilhão de luxos, suítes reais de 25 mil dólares a noite em Dubai, Resorts a beira do mar na Grécia, viagens para os Alpes Suíços, vilas no Lago de Como na Itália, tomando banho de sol na costa dourada da Austrália, compras na Harrods em Londres, e numerosas viagens para Israel, Havaí, e muitos outros lugares. O pagamento (salário) era muito grande, nós voávamos no nosso próprio jato privado Gulfstream, e eu costumava comprar ternos feitos sob medida. Tudo que eu tinha que fazer era pegar as pessoas que caiam e parecer espiritual!

Um versículo que mudou a minha vida

Após se graduar na universidade e voltar para casa, eu encontrei a minha esposa, Christyne. Eu não tinha ideia que Deus iria usá-la para me trazer sobre salvação. De fato, minha família e eu estávamos muito nervosos por que ela não falava em línguas. Nós nos dispusémos a resolver este problema levando ela para participar de uma das cruzadas do Benny Hinn, mas nada aconteceu. Depois disso, ela foi a um culto na minha igreja em Vancouver, mas isso também não funcionou. Finalmente, ela recebeu algum treinamento numa conferência de jovens, mas ela não conseguiu falar mais que algumas sílabas murmuradas.  Eu realmente pensei que não poderia casar com ela a menos que alguma coisa acontecesse.

Então um dia ela apontou um versículo que eu nunca havia visto: 1 Coríntios 12:30 (" Tem todos dons de curar? Todos falam em línguas? Todos as interpretam? "). Meu coração foi sacudido. Isso ficou claro como o dia — não são todos que falam em línguas. Então o efeito dominó começou. Outras crenças de muito tempo começaram a cair diante do teste bíblico. Eu já não acreditava mais que o propósito de Deus era nos fazer felizes, saudáveis e ricos. Ao invés, eu vi que ele queria que eu vivesse para ele independentemente do que eu pudesse receber dele.

Enquanto eu lutava para emplacar um ministério, eu recebi uma ligação de um pastor amigo que estava plantando uma igreja na Califórnia, oferecendo-me para eu ser pastor de jovens em tempo parcial. Isso me pareceu o lugar perfeito para aprender e crescer, então Christyne e eu fizemos as malas e demos um passo de fé como recém casados.

Logo após juntar-me a equipe, Deus colocou um ponto final no meu falso sistema de crenças, e a verdade rompeu adiante como uma onda de graça. Uma das minhas primeiras pregações foi João 5:1-17 - a cura em Betesda. Enquanto eu estudava para o sermão, meu pastor amigo me deu um comentário de confiança. Então o Espírito Santo tomou o controle. A passagem mostrou-me que Jesus curou um homem fora da multidão, o homem não conhecia quem Jesus era, e o homem foi curado instantaneamente!

Isso deixou em farrapos três crenças que eu antes tinha como preciosas. É sempre a vontade de Deus curar? Não, Jesus só curou um homem dentre a multidão. Deus só cura as pessoas se elas tem fé suficiente? Não, este homem aleijado nem sequer sabia quem era Jesus (e muito menos poderia ter fé nele). A cura requer algum curandeiro ungido, música especial e uma coleta de ofertas? Não, Jesus sarou instantaneamente com a ordem da sua palavra! Chorei amargamente por minha participação na avarenta manipulação do ministério e minha vida de falsos ensinos e crenças, e Deus graças a Deus por sua misericórdia e graça através de Jesus Cristo. Meus olhos estavam completamente abertos.

Eu sou grato de que a minha esposa foi capaz de questionar a minha insistência no falar em línguas e que o meu pastor amou-me o suficiente para me discipular para fora da confusão do evangelho da prosperidade. Eu vi como Deus usa o evangelismo e discipulado para transformar almas perdidas em santos que foram encontrados. A maior capacidade de um cristão deve ser estar disponível. Quando o povo de Deus está querendo dar um passo de fé e falar da verdade em amor, vidas são transformadas e Deus é glorificado. Você nunca saberá quem ele pode salvar através da sua fidelidade.

*Testemunho de Costi Hinn, sobrinho do Benny Hinn

Traduzido de Christianity Today por www.arrependetebrasil.org

Link original da matéria:

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

23 de Setembro 2017 - Mais uma falsa profecia que agitou o mundo!


David Meade foi um homem que conseguiu causar um alvoroço no meio cristão estes dias para trás afirmando que a data 23 de setembro de 2017 era uma data especial e cumprimento de uma profecia de apocalipse capítulo 12. Meade que se descreve como numerólogo cristão também é um dos divulgadores da teoria do planeta x, nibiru, que são profecias pagãs na realidade. Um dos terrenos mais férteis na internet para disseminar boatos e teorias falsas é entre os teóricos do apocalipse e final dos tempos, e infelizmente, muitos irmãos estão sendo arrastados pelas águas turbulentas desta inundação de falsas profecias que está nos atingindo hoje em dia. Por favor, busque refugio em lugares altos!

Abaixo eu quero colocar alguns argumentos para desmontar este sofisma (uma mentira a qual se dá aparência de verdade) que tomou conta da internet nestes dias. Estão distorcendo a realidade das coisas apenas para achar coincidências onde na verdade não há fazendo associações indevidas com o texto de apocalipse.

1) A constelação de leão, que seria parte da coroa da virgem não tem apenas 9 estrelas, são 9 mais famosas porém ela deve ter mais de cem estrelas catalogadas. O nome dela não tem associação nenhuma com Jesus Cristo, o Leão da Tribo de Judá como alguns atualmente estão crendo. Cada povo observava as estrelas e nominava elas de acordo com suas próprias observações e crenças. O mais célebre relato do nome desta constelação vem da cultura greco-romana e nos dá conta que o nome leão refere-se ao Leão de Nemeia, um dos monstros míticos que foi morto por Hércules nos seus doze trabalhos.

2) A origem do nome da constelação de virgem também é ligada a diversas crenças pagãs, sendo ela associada a várias deusas da antiguidade, inclusive Ishtar / Astarote , deusa da fertilidade. Outras figuras são associadas, por lendas variadas, à constelação de Virgem e nenhuma delas tem alusão com a palavra de Deus mas sim com outros deuses:

- Tiqué, deusa grega da Fortuna ( Sorte );
- Atargatis, deusa síria da Fertilidade;
- Minerva, deusa da Sabedoria, a Atena dos Gregos;
- Diana, deusa da Caça, a Ártemis dos Gregos;
- Cibele, deusa romana da Natureza e Fertilidade;
- Urânia, a musa da Astronomia.

3) A origem das constelações

Vários povos antigos observavam as estrelas e lhes davam nomes diferentes de acordo com as suas próprias crenças associando não raramente as estrelas com as suas divindades. Então dependendo se você for ver os nomes das estrelas na cultura da antiga Babilônia, Egito, Asia, e assim por diante encontrará diferentes nomes para as mesmas estrelas.

O ser humano desde a antiguidade possui curiosidade a respeito do céu estrelado. Isto é evidenciado em inscrições e construções antigas. O céu era visto com certo espanto, receio, admiração e respeito. O desconhecimento das causas científicas dos fenômenos astronômicos instigava o ser humano a destinar valores divinos aos astros celestes.

As constelações foram inventadas pelo ser humano. Cada povo e tribo possuíam suas próprias constelações. Às vezes, coincidia que quase o mesmo conjunto de estrelas tinha nome e significado diferentes para povos diferentes. Guardar a forma ou a localização dessas figuras no céu não era um trabalho fácil, e assim, criavam mitos e histórias sobre as constelações.

Com o tempo, os povos perceberam que as constelações podiam ser úteis. Era possível identificar os períodos de caça, agricultura e pesca. Serviam para determinar a passagem do tempo, as estações do ano e o clima. Foram feitos calendários inspirados nos fenômenos celestes (como os períodos lunares e solares). Demarcaram a trajetória do Sol durante o ano usando as constelações que chamaram de Zodíaco (dependendo da posição do Sol no Zodíaco, sabiam-se as condições do clima e as estações do ano).

4) Jupiter é considerado planeta rei não por causa de Jesus Cristo, o Rei dos reis, mas sim porque Jupiter é um dos nomes de Zeus, considerado o pai ou o rei dos deuses. Como Jupiter era o maior dos planetas o batizaram com o nome do considerado rei dos deuses, Jupiter / Zeus. No nosso sistema solar vários nomes de planetas foram dados baseados em nomes de deuses greco-romanos, Marte por exemplo, Mercurio, Saturno, Vênus. 

5) A estrela Regulus da constelação de Leão. Esse nome vem dos persas, que dividiam o céu em 4 partes, usando 4 estrelas como referência para marcar o início das estações do ano. Essas estrelas eram chamadas de “estrelas reais”, a seguir: Aldebaran (Touro), Regulus (Leão), Antares (Escorpião) e Fomalhaut (Peixe Austral). Regulus é chamada de Pequeno Rei porque, entre as 4 estrelas reais, é a que brilha menos.

6) Infelizmente alguns estão dizendo que o Dragão vermelho descrito em apocalipse 12 é o planeta nibiru, planeta x, e mais nomes afins, quando na verdade a bíblia é bem clara ao dizer que o dragão descrito ali é o próprio Satanás (um ser espiritual) e não um planeta ou asteroide ou o que quer que seja, que dizem os teóricos do apocalipse, irá se chocar com a terra.

E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele. Apocalipse 12:9

Aliás a bíblia descreve claramente Miguel, que é um Arcanjo lutando contra Satanás, portanto isso não tem nada a ver com alinhamento de planetas, estrelas ou o que quer que estejam querendo dizer. Esta descrevendo uma tremenda guerra espiritual nas regiões celestiais!

7) Basta ler apocalipse 12 com atenção para perceber o uso de linguagem figurada ali, não tem o menor cabimento ( e não quero ofender e nem desprezar a ninguém, apenas estou dando informações, vocês podem tirar suas próprias conclusões ), mas não cabe de modo algum aplicar apocalipse 12 a alinhamentos planetários, estelares ou seja lá o que for. Primeiro por que nem a descrição dada pelos teóricos não se sustenta em si mesma. Segundo porque temos em apocalipse 12 figuras como "uma coroa de 12 estrelas", o que pode ser uma referência as doze tribos de Israel ou aos doze apóstolos do Cordeiro, temos o filho dela arrebatado ao céu, aquele que vai reger as nações da terra e sabemos que este é Cristo que reinará junto do seu povo e não o sol que é adorado com deus em diversas culturas. Temos também o dragão vermelho que claramente é Satanás e não o planeta x como dizem alguns teóricos, alguns inclusive que estão ganhando algum "din din" ($) vendendo livros pela internet e colocando publicidade em seus vídeos de youtube.

Por isso a aplicação de apocalipse 12 deve ser feita de modo figurado e não literal, é um erro tremendo associar dois versículos do começo de apocalipse 12 a um suposto alinhamento raro de planetas e depois ignorar todo o restante do texto. Eu não quero perder muito tempo neste assunto, e então nem vou entrar em grandes detalhes ou explicações maiores, que não percamos nosso foco de JESUS Cristo, não seja roubado no seu tempo dando ouvidos a assuntos de teóricos como estes.

Quanto a volta do Senhor Jesus Cristo:

Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. Marcos 13:32

Não esqueça deste versículo, irá te salvar de muitas falsas profecias marcando data do fim do mundo, data do arrebatamento, data da grande tribulação, etc. Estas previsões falsas do fim do mundo geram apenas desespero no coração das pessoas e rejeição ao evangelho.

Eu vi dois videos na internet de uma moça que estava chorando desesperada achando que o arrebatamento aconteceria no dia 22 de setembro, quando foi o toque da trombeta em Israel, por causa da festa, e ela infelizmente ficou muito desesperada e depois ela fez um outro vídeo também muito abalada e angustiada pedindo perdão as pessoas por ter divulgado data do arrebatamento e a moça estava realmente muito triste e muito mal, mas não é somente ela que está assim, se você ficarem se alimentando de teorias da conspiração, teorias do apocalipse, teorias do fim do mundo, se vocês apontarem os sinais da volta de Cristo mas não apontarem a Cristo, o único que sobra para vocês é o desespero.

Então deixa de lado estas coisas, vamos para Jesus, ajude alguém que precisa, ore, busque a Deus, faça algo útil com o seu tempo, e que Deus nos ajude e tenha misericórdia de nós!

Fiel é a palavra, e isto quero que deveras afirmes, para que os que crêem em Deus procurem aplicar-se às boas obras; estas coisas são boas e proveitosas aos homens. Tito 3:8

Não fiquem desocupados na internet fuçando por curiosidade em teorias várias # Olhe para Jesus !

Arrepende-te Brasil

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Vaca sagrada ou ungido do Senhor?


>> O que é uma vaca sagrada? <<

Vacas sagradas são pessoas, líderes, objetos, instituições, ideias que são na verdade considerados pelos seus seguidores totalmente imunes a críticas — e nós temos muitas destas vacas sagradas nas nossas igrejas hoje em dia. Há muitas vacas sagradas entre os cristãos modernos, e cada um praticamente adorando a sua própria vaca e fazendo um altar particular para ela, beijando ela no seu coração. Se uma igreja tem uma mentalidade que o seu pastor por exemplo, seu líder, ou que a sua denominação, está acima e deve ser considerada imune a qualquer crítica então ai nós temos uma vaca sagrada. Uma vaca sagrada que as pessoas dizem "não toque na minha vaca sagrada! Não julgue a minha vaca sagrada! Eu a amo!".

A história do bezerro de ouro no livro de Êxodo nos dá uma ideia a este respeito. Moisés havia subido ao monte para falar com Deus, e Arão seu irmão não suportou a pressão dos israelitas que o pressionavam para fazer um deus que fosse visível, eles queriam algo que pudessem ver e palpar para chamarem de Deus. Eles tomaram os pendentes todos dos israelitas e fundiram e fizeram um bezerro dourado e estavam ali adorando ao bezerro que eles mesmos criaram. Eles estavam dizendo "veja Israel, estes são teus deuses, eles te tiraram do Egito" mas na verdade se referiam aquela estátua do bezerro de ouro e não ao Deus que está nos céus, que tudo pode e que também tudo vê.

Moisés desceu daquele monte apenas para dizer o óbvio para os israelitas, que aquele bezerro não era Deus! E ele veio e começou a desafiar aquele falso bezerro, aquela vaca sagrada dos israelitas naqueles dias. Ele a confrontou nos corações dos israelitas, pois é no coração onde começam todos os bezerros dourados, é no coração onde nascem todas as imaginações vãs e onde todas a vacas sagradas são idealizadas. O que mais me maravilha mas é como Israel em grupo aderiu ao culto ao bezerro dourado, e não somente isso, mas eles mesmos pediram que se fizesse tal culto e tal objeto de culto. E todos eles estavam ali, dançando e se prostituindo ao redor de um bezerro que foi feito por eles mesmos, com o próprio ouro dos seus próprios pendentes — o ouro que trouxeram do Egito — e nenhum deles que estavam ali inseridos naquela situação pôde ao menos levantar-se e dizer "olha gente, isso não pode ser Deus, fomos nós que o fizemos, este é ouro de nossos pendentes".

É por isso que nós sabemos que onde quer que vacas sagradas reinem e sejam exaltadas sempre haverá cegueira espiritual do mais alto grau. As pessoas adorarão um ídolo e nem mesmo se darão conta disso. O Senhor várias vezes protestou contra Israel que eles nem mesmo sabiam mais a diferença entre Deus e os falsos deuses,  e muitas vezes chamavam de Deus aquilo que não era Deus. É muito diferente conosco, igreja, hoje em dia? Infelizmente, tristemente, com dor no coração, tenho que dizer que não, não é diferente conosco hoje em dia, muitas vacas sagradas, imunes a crítica estão reinando em nosso meio e sendo exaltadas em nosso meio e ninguém pode confrontá-las, questioná-las, falar nada delas que sofrerão a ira do povo que as adora. São líderes, são pastores, são bispos, são profetas, são igrejas, são denominações, são ideais, são religiões, são objetos, que na mente das pessoas se tornaram tão sagrados que são imunes a qualquer tipo de crítica, e então você é levado a aceitar (engolir) as vacas sagradas cegamente.

Será que você tem alguma vaca sagrada na sua vida? Seu pastor? Seu marido? Sua esposa? Família? Algum filho? Algum lazer teu ou entretenimento, algum hobby? Será a sua denominação? O evangelho da prosperidade e moderno? É a sua igreja, ou algum irmãozinho (a) de oração, um cantor gospel? Algum super-profeta, super-apóstolo, mega-pastor, mega igreja deste mundo? É esta a sua vaca sagrada? Quando uma igreja não admite críticas a si própria ou aos seus pastores e pregadores, seus profetas, mesmo que as críticas que tenham base bíblica, então ali nós temos um culto as vacas sagradas acontecendo! E apenas Deus pode despertar o seu povo hoje!

A adoração de vacas sagradas anda a todo vapor em meio a cristandade! Você já não pode mais falar destas vacas sagradas que as pessoas vão te praguejar e na verdade falar da vaca sagrada de um cristão na mente dele é o mesmo que falar do próprio Deus! Eles dizem "não toque no ungido de Deus", mas na verdade estão tão cegos que apenas querem dizer "não toque na minha vaca sagrada", e eles amam mais seus líderes e pastores do que a palavra de Deus! Amam mais as suas igrejas e reuniões do que a palavra de Deus! Ninguém pode [...] ninguém aceita que se use a palavra de Deus para confrontar as vacas sagradas atuais! Nós precisamos obedecê-las — as vacas sagradas — cegamente ou iremos para inferno, é o que dizem os seus adoradores! Que o Senhor nos ajude a dar honra e glória somente ao Único Deus Verdadeiro, o Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo! E lembrando as palavras do próprio Senhor, como podemos ajudar nossos irmãos a se livrarem da vaca sagrada que há na vida deles enquanto há também uma vaca sagrada na nossa própria vida?

Primeiro de tudo, aprendamos a lidar com a idolatria (as vacas sagradas) na nossa própria congregação, e então poderemos ajudar outras congregações com as suas próprias vacas sagradas!

Vamos amar a Deus acima de todas as vacas sagradas destes dias, não deixe/permita que seu coração seja seduzido por uma vaca sagrada, pois só Cristo é imune a críticas, só ele é perfeito!

Shalom, e a Paz do Senhor Jesus!

Arrepende-te Brasil.