Arrepende-te Brasil

"O meu socorro vem do Senhor que fez o céu e a terra." Salmos 121:2

Arrepende-te Brasil

Contra os falsos mestres

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Estratégias de arrecadação financeira


"E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas" 2 Pedro 2:3a

USAR PESSOAS DE OUTRAS RELIGIÕES

Dizer que pessoas de outra religião (ex.: católicos) se dispuseram a doar. Com esta estratégia o objetivo é fazer os cristãos se espantarem ao mesmo tempo se sentirem mal se não contribuírem pois estarão "sentindo-se" atrás das pessoas de outras religiões. Leva o rebanho a pensar do seguinte modo "se até gente de outra religião está doando, ficará feio se eu não doar também". Todos nós já vimos isso acontecer mais de uma vez, pastores lançando desafios financeiros e de repente começam a dizer que até gente de outras religiões estão contribuindo.

O PROGRAMA VAI SAIR DO AR

Dizer que o programa vai sair do ar. Esta estratégia é velha conhecida tanto na rádio quanto na televisão. Os pastores que a adotam (e não são poucos) são conhecidos como pastores chorões. Eles vivem chorando em meio a programação que estão sem dinheiro para manter o programa e que precisam da sua ajuda, que a obra de Deus precisa de um socorro. Semana após semana a conversa sempre será a mesma. Outra estratégia parecida é dizer que "esta é a semana do aluguel da igreja". Apenas por dizer estas coisas as pessoas se sentirão pressionadas a contribuir mais uma vez que, ninguém quer ser o "responsável" pelo programa sair do ar ou da igreja fechar. Basicamente esta estratégia e os pedidos de oferta podem vir acompanhados de uma música emocionante de fundo, para tocar no coração das pessoas e causar sensibilização, no final da contas gera uma tremenda pressão psicológica e os pastores jogam a conta da igreja nas costas dos membros, se não arrecadarem a culpa será dos membros pela igreja ter fechado, o programa ter saído do ar, e assim por diante.

PROMETER RIQUEZAS AOS OFERTANTES

Dizer que quanto mais se dá mais se terá. Esta é a famosa conversa do plante uma semente e colha milagres, bençãos financeiras sem medidas, livramentos de crise, enfim, o céu na terra é o limite das promessas feitas aos ofertas. Há diversas variantes desta teologia das semente mas todas elas giram em torno de estimular a ganância e cobiça dos fiéis, levando-os a uma horrenda barganha com Deus, dando dinheiro para receber dinheiro. 

AMEAÇAR COM O DEVORADOR

Dizer que quem não dá está em desobediência e irá para o inferno. Um dos versículos mais utilizados nesta tática de arrancar ofertas do povo está em Malaquias, aquele que é lido todo culto para incutir medo no coração dum rebanho que pouco conhece de bíblia e portanto pode ser facilmente manipulado. "Roubará o homem a Deus?" Fala eloquentemente o pregador em todos os cultos. "Em que me roubais?", ele mesmo responde "nos dízimos e nas ofertas". Distorce assim a profecia da palavra de Deus para transformar cada linha da bíblia num objetivo financeiro de arrecadação de fundos para sustento material da igreja. Estas ameaças funcionam e para colaborar com elas há até mesmo uma série de testemunhos na internet de gente dizendo ter sido arrebatada ao inferno e ter visto que os não dizimistas estarão lá, queimando eternamente. Como se Deus estivesse preocupado ou quisesse (precisasse) de dez por cento do nosso salário todo mês (e não esqueça, dízimos + ofertas), quer dizer, eles não querem só dez por cento, mas se você não der pelo menos um real de oferta a mais do que o dízimo na cabeça deles é o suficiente para te mandarem ao inferno, mesmo que a bíblia em momento algum diga isso. O figura mítica do devorador, inventada por pastores gananciosos é amplamente usada para ameaçar os que não contribuem. Coisas do tipo, você vai ficar doente, tua mulher vai te abandonar, tudo de ruim acontecerá com quem não der pois estará roubando a Deus.

O ARRECADADOR

Outra estratégia muito comum utilizada para arrecadar dinheiro é os pastores convidarem alguém para pregar na sua igreja. Um pregador de fora vem e no meio evangélico ele é chamado de arrecadador. São pastores que vem de fora e tem uma boa lábia e conseguem arrancar até as roupas de baixo dos fiéis na base da sua poderosa oratória e falsos milagres e revelações. Os pastores normalmente combinam, nestes dias se passa oferta mais de uma vez, e eles muitas vezes racham a arrecadação do dia com o pregador convidado, algo tipo 70/30%, ou meio a meio, vai depender do acordo de bastidores entre o pastor e o arrecadador. Figuras como esta muitas vezes vem dos Estados Unidos para cá fazer desafios financeiros na televisão. Não necessariamente todas as vezes há o acordo em rachar as ofertas, mas estes homens vem e sempre arrecadam muito dinheiro, eles nunca vem se lançarem um desafio de oferta e contribuição em troca de alguma "bênção especial" que eles dizem terem recebido por revelação da parte de Deus.

VENDA CAMUFLADA DE OBJETOS "UNGIDOS"

Outra estratégia de arrecadação amplamente divulgada no Brasil é a venda de amuletos evangélicos. Os pastores pegam água suja do esgoto e dizem que foram para Israel e que é água do rio Jordão, tomam uma lasca de madeira e dizem que é uma lasca da cruz, vendem tijolinhos, pequenas botijas com azeite dentro, paninhos, meias, vassouras. A imaginação é realmente fértil, eles podem tomar uma espada em miniatura e vender dizendo que é a espada do arcanjo miguel para proteção. Usam também sal grosso, pequenos sacos de cimento. Todos nós conhecemos muito bem estas práticas anti-cristãs que vemos hoje em dia e elas não passam de estratégias de arrecadação financeira. Eles sempre usam algum versículo da bíblia fora do contexto para tentar contextualizar a sua venda de objetos. Vendem sabonetinhos, tijolinhos, tudo que você possa imaginar. Eles dizem "corra e coloque o dinheiro nos pés do 'apóstolo'"

USO DE VERSÍCULOS COM NÚMEROS

Esta é outra estratégia muito comum, os pastores afirmam que Deus falou com eles para trazer um desafio financeiro a igreja. Então eles leem uma passagem da bíblia, por exemplo, dizendo que Pedro colheu 153 grandes peixes, na sequencia eles dizem que a revelação que receberam é que a oferta a ser dada é de R$ 153 reais. Ou então dizem que haviam 7 mil que não se dobraram nos dias de Elias, e dai dizem que Deus quer 7 mil pessoas com uma oferta de mil reais, e lançam a campanha dos sete mil te desafiando a fazer parte dos sete mil, e que Deus vai abençoar, prosperar, etc.

CAMPANHAS COMO FORMA DE MANTER AS PESSOAS NA IGREJA

Muitas igrejas lançam campanhas de 3 semanas, 7 semanas, 12 semanas (ou dias), onde a pessoa se obriga a ir nos cultos até o final da campanha. É óbvio que em cada culto (extra) destes, vai arrecadar dinheiro e portanto, já que ninguém quer quebrar seu voto a Deus e faltar na campanha, é um modo bastante eficaz de "obrigar" a pessoa a ir na igreja e chegando lá basta fazer todo o teatro para que a pessoa se sinta tocada a "ofertar na obra de Deus".

FINAL

Há muitas outras estratégias sendo usadas por ai, artimanhas, palavras fingidas sendo utilizadas para arrecadar fundos. Se você é um pastor sério, por favor, não use estas táticas que mancharam o nome da igreja e fizeram o mundo acreditar que o evangelho é dinheiro e que Jesus é um deus financeiro. Apenas confie em Deus pois o justo viverá pela fé. Você não precisa disso pois o Senhor mesmo sempre proverá os recursos através do Seu Poder. Sempre haverá um modo de Deus enviar recursos justos, voluntários, e que sejam bem destinados, assim como disseram os apóstolos do Cordeiro a Paulo, lembrem-se também dos pobres. Deus sempre sustenta a Sua própria obra, Ele quer a sua vida e não o seu dinheiro, apenas pregue a palavra, deixe que Deus mesmo te surpreenda a respeito do sustento. Aprenda andar por fé, confiar e depender de Jesus. Não faça grandes planos dos quais venha a se envergonhar no juízo final. Ande na medida do dom que Deus está te dando. Seja muito ou seja pouco, sempre Jesus Cristo será suficiente. Não participe dos mesmos jogos que a igreja está participando hoje, jogos de dinheiro e falsas profecias.

Paz a todos!

Arrepende-te Brasil

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Pré ou pós tribulação? Quando será o arrebatamento?


Vez ou outra recebemos questões do tipo "você é pré-tribulacionista ou pós?" Na realidade existem também os meso-tribulacionistas e eu creio que seja qual for a posição de alguém a respeito do arrebatamento da igreja isso não é um tema central para entrada na eternidade mas sim comunhão verdadeira com Deus. Teu nome é conhecido nos céus? O nome de Paulo era conhecido pelos demônios, eles não gostavam da Unção que ele carregava da parte de Deus, mas ter o nome escrito no livro da vida do Cordeiro significa que o seu nome é conhecido diante do trono de Deus nos céus e você é contado como um remido de Deus.

O dia e hora da vinda do Senhor ninguém sabe, mas todas as gerações de cristãos desde a igreja primitiva, e mesmo os crentes do antigo testamento, viveram esperando este dia e morreram aguardando esta promessa, da reunião com o Senhor nos ares. Veja que Hebreus diz que Abraão se considerava um peregrino e forasteiro nesta terra, pois não buscava cidade aqui mas sim a vindoura, isso é, a Jerusalém Celestial. O Senhor Jesus disse que Abraão estaria na mesa do banquete das bodas do Cordeiro. Então, creio que o melhor a se fazer é viver como todos os crentes antes de nós viveram, aguardando a volta do Senhor para hoje pois não sabemos o dia e a hora. A bíblia nos diz para trabalharmos enquanto o Senhor não voltar, nos aplicarmos as boas obras as quais Deus preparou de antemão para que nelas andássemos. Seja lá quando o Senhor voltar, antes, durante ou após a tribulação, a bíblia diz que sem santidade ninguém verá ao Senhor, e é por isso que devemos pedir a Ele a purificação dos nossos pecados e andar com Deus. Mesmo o que pode ocorrer, por exemplo, é que nós podemos morrer a qualquer momento, e eu vivo como se o Senhor pudesse voltar a qualquer momento, mas convencer alguém dos argumentos que levam uns a defenderem o pré-tribulacionismo, outros o pós, etc, isso eu creio que não seria útil. Na internet há várias discussões a este respeito, mas em todos os casos o central mesmo fica sendo a mensagem da Cruz do Senhor Jesus Cristo, e o vivermos a cada dia como se já fosse na eternidade pois de fato a eternidade sempre esteve as portas.

Veja quantos aviões tem caído, quantas pessoas de várias formas morrem de repente, o rico na parábola do rico e lázaro morreu também de repente, portanto, eu creio que devemos estar diante do Senhor seja para morrer ou para viver. Perseguições aos cristãos já existem no mundo, veja o Oriente Médio como exemplo. Eu sei que se tivermos que passar pelo governo do anticristo na terra o Senhor passará conosco, e se Ele tiver de nos arrebatar antes, também nos arrebatará. Seja o que for, o Senhor estará com os que estiverem com ele, por isso venha Ele a hora em que vier, o Conselho de Cristo é ESTEJAMOS PRONTOS e que Ele nos encontre servindo (veja bem, Coração e Atitudes de Servo). O livro de Hebreus nos explica muito bem que é HOJE que as coisas são resolvidas, e não no dia da volta do Senhor quando a escritura declara que se HOJE ouvirmos a voz do SENHOR, não endureçamos os nossos corações. Eu gosto muito daquele hino que diz:

"Meu amigo hoje tu tens escolha
Vida ou morte, qual vais aceitar?
Amanhã pode ser muito tarde?
HOJE Cristo Ele quer te salvar!"

Eu creio que o Espírito com que devamos viver é que HOJE é a oportunidade que o SENHOR está nos dando e hoje o SENHOR pode voltar para os nossos corações se abraçarmos a JESUS nos arrependendo dos nossos pecados! Penso que isso é mais proveitoso do que tentarmos debater e convencer uns aos outros a respeito de uma doutrina que considero periférica e não central, que é a hora do arrebatamento. Muitos de nós pode ser que morramos antes do SENHOR voltar, alguns de nós podemos morrer hoje, sei lá, nunca se sabe, então não esperemos Aquele Glorioso Dia, pois o dia para aceitarmos a obra redentora de Jesus é hoje, o dia de sair do evangelho comercializado é hoje, das falsas profecias que falam da vida terrena, das igrejas onde não se falam mais a bíblia mas fazem comédia e materialismo. Hoje é o dia de abraçar o evangelho da cruz e do sangue do Senhor Jesus Cristo e se permitir ser mudado numa nova criatura, que tenha aspirações celestiais!

Em todo modo, fiquemos em Hebreus 12:14, nos santifiquemos, creiamos em Deus, e quando o Senhor vir, nos encontre servindo a Ele pois sem santificação, ninguém verá ao Senhor!

"Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo. É como se um homem, partindo para fora da terra, deixasse a sua casa, e desse autoridade aos seus servos, e a cada um a sua obra, e mandasse ao porteiro que vigiasse. Vigiai, pois, porque não sabeis quando virá o senhor da casa; se à tarde, se à meia-noite, se ao cantar do galo, se pela manhã, Para que, vindo de improviso, não vos ache dormindo. E as coisas que vos digo, digo-as a todos: Vigiai." Marcos 13:31-37

"Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." Mateus 7:21-23

Glória a Deus! Cristo é para hoje, Jesus é para agora!

Arrepende-te Brasil

sábado, 21 de janeiro de 2017

Vale a pena tentar adivinhar quem é o anticristo?


Creio que uma das maiores ansiedades no coração dos cristãos ligados as profecias do fim, na verdade por incrível que pareça, é exatamente a respeito da misteriosa identidade da pessoa do anticristo. Algumas vezes eu já falei isso, mas as postagens minhas que tem maior número de visualizações são exatamente a respeito de assuntos como marca da besta, governo do anticristo e anticristo. Eu não estou dizendo que estes assuntos não devem ser estudados, ou que não estão na palavra, pois sim eles estão lá. Entretanto podemos aprender sempre com a história da igreja, houveram muitos erros que nossos irmãos cometeram no passado e que nós podemos evitar no presente. Basicamente as gerações passam mas os erros que a igreja comete parecem ser exatamente sempre os mesmos, e graças a Deus por isso, pois veja bem, por exemplo, as repreensões as 7 igreja no apocalipse, elas nos repreendem até hoje, significando que em 2000 anos a igreja tem cometido basicamente exatamente os mesmos erros através das gerações e passado as mesmas dificuldades.

A igreja primitiva também caiu no erro de pretender saber quem era o anticristo. O número da besta descrito na bíblia é 666, porém na época houveram alguns manuscritos que levavam o número 616, no caso o número errado. Vários irmãos naqueles dias estavam tentando fazer seus cálculos matemáticos para tentarem adivinhar quem era o anticristo. Invariavelmente eles caiam em várias situações o que levou um dos líderes da igreja na época, Irineu, a escrever aos irmãos que parassem de tentar adivinhar quem era o anticristo pois isso seria uma questão inútil e era muito melhor se os irmãos simplesmente esperassem a profecia se cumprir. Irineu advertiu os irmãos naqueles dias de que vários nomes poderiam resultar em 666, e neste caso os irmãos estavam tentando associar o anticristo com os nomes de falsos profetas daqueles dias (sim, já havia falsos profetas naqueles dias entre a igreja do Senhor). 

Irineu descreve para a igreja naqueles dias a divisão do reino em dez, e o rei que se levantaria reclamando o reino para si, e descreve os eventos que ainda deveriam de acontecer segundo a profecia e aconselha a igreja a que não se perca na discussão a respeito de quem é o anticristo, ou seja, não fique apenas a tentar adivinhar o nome dele. Podemos relatar em histórias recentes que várias pessoas, especulações e profecias já falharam a respeito de quem seria o anticristo. Há aproximadamente uns 25 ou 30 anos atrás houve alguém que se levantou dizendo que Mikhail Gorbachev, o último líder da União Soviética, seria o anticristo. Passaram os dias de Mikhail e ele não era o anticristo, quer dizer, mais uma adivinhação vã. Eu sei que algum dia o anticristo virá, e que as profecias bíblicas não são daquelas do tipo que podem ou não se cumprir, elas vão se cumprir. Mas veja bem, quantos que não especularam e até chegaram a profetizar que Obama não sairia do poder nos EUA? Que ele iria decretar lei marcial e assumir como anticristo? Nada disso aconteceu e agora já surgem especulações de que Trump é que é o anticristo, não mais Obama.

A verdade é que nós não sabemos muitas coisas, mas quando elas se cumprirem, se estivermos em Cristo, saberemos.

Seja quem for o anticristo irmãos, vamos aproveitar que Jesus morreu na cruz e abriu os céus, é tempo de buscar se encher do Espírito Santo e Ele nos ensinará todas as coisas, pois é o Senhor quem nos ensina o que é útil. Os governantes todos neste mundo passarão, mas o Reinado de Jesus Cristo é Eterno, e este Reino de Deus e a Sua Justiça que nós buscamos pelo dom de Deus na cruz do Calvário.

Abaixo o texto, com alguns destaques a respeito do que falamos:

"Também um outro perigo, que não deixa de ter importância, surpreenderá repentinamente aqueles que falsamente presumem que conhecem o nome do anticristo.

No caso dessas pessoas assumirem um (um número), e o anticristo vier com outro, eles serão facilmente controlados por ele, já que não é o esperado, a respeito do qual deveria haver cuidado.

Essas pessoas, então, deveriam aprender (tal qual realmente é o estado das coisas), a retroceder ou voltar até o número verdadeiro do nome, para que não predigam nomes entre os falsos profetas.

Porém, conhecendo o número exato declarado pela Escritura, que é o de 666, devem esperar, em primeiro lugar, a divisão do reino em dez; logo, no momento seguinte, quando esses reis estejam governando e começando a colocar seus assuntos em ordem e a desenvolverem seus reinos (deixem que eles saibam), para dar a conhecer aquele que virá reclamando o reino para si mesmo e atemorizará aquelas pessoas de quem temos falado, tendo um nome que consiste no número mencionado anteriormente, isso é realmente a abominação da desolação...

Então é mais acertado e menos danoso esperar o cumprimento da profecia do que ficar fazendo adivinhações ou predições acerca dos possíveis nomes que este anticristo possa ter, já que se pode encontrar muitos nomes que possam conter o número mencionado; e a mesma interrogação seguirá sem resolução...

Porém, agora ele indica o número do nome, para que quando este homem venha possamos precaver-nos, estando alertas a respeito de quem ele é...

Porém, quando este anticristo tenha devastado todas as coisas neste mundo, ele reinará por 3 anos e 6 meses, e se sentará no templo de Jerusalém; e quando o Senhor vier nas nuvens dos céus, na glória do Pai, enviará este homem e a seus seguidores ao lago de fogo; restaurando os tempos de bem-estar e justiça no reino, que é, o descanso, o sétimo dia sagrado; e restaurando a Abraão a herança prometida, no reino que o Senhor declarou, no qual muitos virão do este e do oeste e se sentarão com Abraão, Isaque e Jacó". (Irineu viveu entre 120 e 202 d.C. extraído de Contra as Heresias, Livro V, XXX)

Shalom

Arrepende-te Brasil